iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

09/10 - 10:03

Márcio Fernandes minimiza influência da arbitragem em derrota

Técnico santista preferiu focar os comentários no desempenho da equipe e não no desempenho do juíz

Gazeta Esportiva

PORTO ALEGRE - Enquanto os jogadores do Santos não poupavam críticas ao trabalho do trio de arbitragem da partida desta quarta-feira, quando o Peixe foi derrotado pelo Grêmio, 2 a 0, em Porto Alegre, o técnico Márcio Fernandes preferiu minimizar a influência do juiz pelo mau resultado obtido por sua equipe. “O árbitro não esteve bem.

Errou em algumas jogadas, no entanto não foi somente isso. Vocês (jornalistas) devem concordar que o time foi bem e talvez o empate fosse mais justo, só que infelizmente não aconteceu”, analisou Fernandes.

A diplomacia de Márcio Fernandes em não criticar abertamente a arbitragem só ficou de lado quando o treinador foi lembrado que não poderá contar com Fabiano Eller, expulso, e Kléber Pereira, que estava pendurado há 14 rodadas e cumpre suspensão automática por ter sido punido com o cartão amarelo pelo juiz. O artilheiro do campeonato foi advertido após reclamar um toque do goleiro Victor antes da bola chutada por ele bater na trave.

“Todos viram que o goleiro deles tocou na bola. Foi muito claro. Ele (o árbitro Marcelo de Lima Henrique) não deu escanteio e ainda nos prejudicou dando cartão para o nosso jogador”, reclamou, em entrevista à rádio Globo. “Não estamos reclamando de termos perdido, mas sim, dos momentos em que o árbitro acabou tirando nossos atletas dos próximos jogos”, encerrou.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo