iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

09/10 - 01:33

Asprilla perdoa Kléber por cotovelada no primeiro tempo

Palmeirense acertou o zagueiro em uma disputa pelo alto e corre risco de, mais uma vez, ser julgado no STJD

Gazeta Esportiva

FLORIANÓPOLIS - O atacante Kléber garante que está mais calmo dentro de campo, mas o estilo guerreiro ainda faz parte de sua rotina com a camisa do Palmeiras. Nesta quarta-feira, o atacante brigou, levou pancada e até “nocauteou” um adversário no empate contra o Figueirense, em Florianópolis.

O lance aconteceu no primeiro tempo. Em uma disputa pelo alto, Kléber acertou o cotovelo no rosto do zagueiro Asprilla. Mesmo dono de uma força física invejável, o defensor do Figueirense precisou de alguns instantes para se recuperar. Já o palmeirense acabou advertido com o cartão amarelo.

Questionado sobre o receio de uma possível denúncia do STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) através das imagens da televisão, Kléber deu sua versão: “Foi um lance isolado, sem querer. Lógico que tem essa coisa do tribunal, mas foi lance de jogo e ficou tudo bem”, afirmou.

Recentemente, Kléber sofreu o risco de uma punição no STJD. Ele foi julgado pela segunda vez por uma expulsão contra o Goiás, no dia 20 de junho. Para alívio dos palmeirenses, escapou de qualquer gancho.

Sem problemas
Apesar do susto, Asprilla, a vítima da cotovelada, preferiu perdoar Kleber pelo lance e colocou um ponto final em qualquer tipo de polêmica. “Ele pediu desculpas na hora. Não tem problema nenhum”, disse o ex-defensor do Paulista de Jundiaí.


Leia mais sobre: Asprilla Kléber Palmeiras Figueirense Brasileirão



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo