iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

08/10 - 18:28

Veto de Walter no time principal ainda é mistério

Jogador foi uma das revelações da base do Internacional, mas até hoje não foi utilizado no profissional

Gazeta Esportiva

PORTO ALEGRE - A Copa São Paulo deste ano revelou um jovem promissor colorado, o atacante Walter. Porém, quase um ano depois, o jogador pouco foi utilizado no decorrer do ano e na segunda-feira, o técnico Tite declarou que apenas a direção pode explicar o motivo da não utilização do atleta.

Há dois tipos de especulação sobre a situação de Walter. Segundo informações da Rádio Gaúcha existem problemas com a documentação do atacante de 19 anos. A hipótese de uma possível alteração na idade do jogador é negada com veemência pelo empresário do jogador.

“Não existe absolutamente nada que o Valter adulteração na data de nascimento. Ele não é gato. Podem vasculhar o que quiserem”, afirmou Humberto Rimoli em entrevista à Radio Bandeirantes.

A outra especulação diz respeito sobre problemas internos no qual Walter, proibido de conceder entrevista, estaria envolvido. Os dirigentes colorados ainda não se manifestaram oficialmente sobre o assunto. Pelo clube, o atacante já teria sido vendido para o exterior, porém o empresário Juan Figer, detentor de 50% dos direitos federativos do atleta, vetou a negociação por achar os valores envolvidos muito baixos.

Se na equipe principal Walter não pode jogar, no time B, formado por jogadores da categoria júnior, a história é diferente. Nesta quarta-feira enfrentando o Cerâmica, de Gravataí (cidade da Região metropolitana de Porto Alegre), a equipe colorada venceu por 1 a 0, gol do próprio Walter.

O jogo, disputado no gramado do Beira-Rio, teve um observador especial, o ex-zagueiro holandês Jaap Stam. Ele esteve no estádio como observador do Manchester United. À noite, estará na partida entre Grêmio e Santos, no Olímpico.

“Só vi o segundo tempo e vi um jogo espetacular. Vimos algumas coisas interessantes, bons ataques e alguns erros, comum em jovens garotos. Vimos jogadores com boas qualidades” afirmou Stam.

Em 2007, o Manchester contratou das categorias de base o meia-campista Rodrigo Possebon.


Leia mais sobre: Internacional Campeonato Brasileiro



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo