iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

08/10 - 15:18

Fábio Santos quer criar dúvida e forçar Kléber a ser meia
Entusiasmado com a possibilidade de voltar a jogar no Brasil, o ex-são-paulino quer brigar por uma vaga no time titular

Gazeta Esportiva

SANTOS - Contratado pela diretoria do Santos para cobrir uma eventual saída de Kléber para o futebol europeu, o lateral Fábio Santos deve ter na partida desta quarta-feira, contra o Grêmio, em Porto Alegre, a sua primeira chance de começar atuando desde que chegou ao clube, em agosto deste ano. Entusiasmado com a possibilidade de voltar a jogar no Brasil, o ex-são-paulino quer brigar por uma vaga no time titular.

“Quando acertei, existia a oportunidade de o Kléber continuar, por isso estou tranqüilo. Não acertei pela titularidade, e sim pela estrutura do clube. Quero criar uma dúvida na cabeça do Márcio (Fernandes), quem sabe utilizando o Kléber no meio?”, sugeriu.

Citado pelo técnico Márcio Fernandes como um jogador polivalente, podendo atuar como volante e meia, Fábio Santos não descarta ajudar o Peixe em uma posição diferente da sua de origem e deixa a decisão nas mãos do treinador.

“Eu entrar em outra função que não seja na lateral fica complicado. Temos vários atletas com qualidade no meio e seria uma falta de respeito da minha parte falar isso. Mas eu sou jogador do Santos e estou à disposição do treinador, se ele quiser me escalar como volante ou meia, sei muito bem como é fazer essas funções”, disse.

Reserva imediato de Kléber, Fábio Santos mostra sua admiração pelo companheiro, titular absoluto na Vila Belmiro. “O Kléber é um grande profissional. É claro que pretendo ser mais utilizado, só que no momento em que ele voltar, sua vaga vai estar garantida, por tudo o que ele já fez. O Kléber conseguiu manter durante dois, três anos uma regularidade e só agora teve uma queda. Tenho certeza de que o seu futebol vai melhorar, porque o grupo confia muito nele”, elogiou.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo