iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

08/10 - 20:59

Clubes ingleses correm risco de perder a identidade, diz Platini
"Você quer no Liverpool um xeique árabe como presidente, um técnico brasileiro e nove ou onze jogadores africanos? Onde está o Liverpool nisso?, disse

Reuters

LIVERPOOL (Inglaterra) - O presidente da Uefa, Michel Platini, alertou na quarta-feira que os clubes ingleses correm o risco de perder suas identidades por causa da influência de proprietários estrangeiros no futebol do país.

"Você quer no Liverpool um xeique árabe como presidente, um técnico brasileiro e nove ou onze jogadores africanos?", disse Platini em uma entrevista coletiva. "Onde está o Liverpool nisso? Temos que criar algumas regras".

Nove dos 20 grandes clubes no futebol inglês possuem proprietários estrangeiros e o presidente da Associação Inglesa de Futebol, Lord Triesman, falou nessa semana sobre a necessidade de testes mais rigorosos para os possíveis compradores.

Platini disse que a questão dos proprietários estrangeiros - alguns dos quais assumiram seus clubes com dívidas gigantes - é um assunto para o governo britânico, mas acrescentou que a Uefa estava procurando maneiras de introduzir um regulamento para toda a Europa.

Falando antes de sua introdução no hall da fama europeu do museu inglês do futebol, Platini afirmou: "Do meu ponto de vista, é uma lei inglesa, e depende do parlamento".

"O que é o futebol? O futebol é um jogo e o jogo se tornou popular por causa da identidade".

"Você tem que ter identidade, aí mora a popularidade do futebol. Se você trouxer pessoas do Catar e não há ninguém de Liverpool ou de Manchester no campo ou na empresa, onde estão Liverpool e Manchester?

"Não acho que seja bom. Eu acho que os catarianos deveriam investir no Catar...eles deveriam desenvolver o futebol em cada país".

"Podemos fazer algo contra isso? Eu vou tentar fazer alguma coisa, não sei se será possível, mas estudarei a legislação européia, a inglesa, a francesa, a alemã, a russa, a ucraniana, muitas."

O ex-jogador francês também criticou os clubes ingleses que caçam jovens jogadores em outros países enquanto ressaltava a necessidade de "controlar a transferência de menores de idade".

"Quando você compra Ronaldo, ou Pelé, ou Maradona ou Robinho, eu não vejo problema. Mas quando você compra jogadores com 13, 14, ou 15 anos, eu não gosto disso. Um jogador de 11 anos está vindo do Olympique de Marselha para o Chelsea. Você acha que isso é bom para a mãe?", declarou.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo