iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

07/10 - 13:20

Muricy pede que STJD use critério de Dagoberto com outros

Dagoberto teria usado força desproporcional em um lance contra a Lusa, em 27 de julho, e não foi advertido

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - O São Paulo corre o risco de ficar sem o atacante Dagoberto nas próximas rodadas do Campeonato Brasileiro. O jogador, que já foi absolvido por um lance em jogo contra a Portuguesa, voltará a sentar no banco dos réus do Superior Tribunal de Justiça Desportiva em função da mesma jogada.

O técnico Muricy Ramalho evitou fazer críticas à decisão do STJD de fazer um novo julgamento ao atacante, mas pediu que o mesmo critério seja utilizado também com outros atletas.

“Não sei qual a razão (do novo julgamento). Mas, se vai usar esse método com o Dagoberto, tem de usar com outros também. Há outros que fizeram coisa pior e foram absolvidos. Mas nós não sabemos também o que houve e é uma área difícil de opinar. Como já foi absolvido, acredito que ele deve ser absolvido de novo. Precisamos ter calma e deixar que eles façam o trabalho deles”, esquivou-se.

O jogo contra a Portuguesa aconteceu no dia 27 de julho, e Dagoberto teria usado força desproporcional em um lance. O árbitro Leandro Vuaden não aplicou cartão ao atleta, mas o STJD o levou para julgamento com base em imagens de TV.

Dagoberto, então, foi absolvido no dia 11 de agosto, mas a procuradoria do Tribunal recorreu da decisão e levará o atleta novamente a julgamento, na quinta-feira. O atleta pode ser punido em até três jogos de suspensão, o que o deixaria fora do clássico contra o Palmeiras.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo