iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

07/10 - 23:32

Marcelo Ramos comemora gols: ”ainda bem que o Túlio fez só um“

Atacante que marcou dois tentos, contra um de Túlio Maravilha, é o sexto maior artilheiro do clube, com 127 gols

Gazeta Esportiva

FEIRA DE SANTANA - Na noite desta terça-feira, o atacante Marcelo Ramos conseguiu vencer o duelo de matadores com Túlio Maravilha no Estádio Jóia da Princesa, em Feira de Santana. O artilheiro da Série B marcou primeiro, mas o atacante do tricolor baiano balançou as redes mais duas vezes para garantir a vitória por 3 a 2 e deixou o gramado satisfeito.

“Somos dois grandes atacantes, os números mostram isso, tanto os meus quanto os do Túlio. Ele é mais velho, tem mais gols e uma carreira brilhante, mas não houve duelo: eu respeito muito ele e sei que ele me respeita também”, disse o atacante, que não deixou de comemorar sua eficiência:

“Ele fez o dele, mas ainda bem que foi só um e deu para eu fazer dois gols e dar essa vitória ao Bahia”, continuou Marcelo Ramos, que, de quebra, atingiu uma marca história na equipe, se tornando o sexto maior artilheiro da história do clube, com 127 gols anotados, ao todo.

“É uma satisfação muito grande poder estar entre os maiores goleadores do Bahia, que é um time grande, de massa e com uma torcida apaixonada. Fico feliz e espero seguir com meu trabalho até o fim do ano, marcando muitos gols”, afirmou o jogador.

Na próxima rodada, Marcelo Ramos voltará a campo para novo desafio na Série B: tentar vazar a melhor defesa da competição. Em 18 de outubro, o Bahia recebe o líder Corinthians, que foi vazado apenas 20 vezes em 29 jogos. Com lembranças do primeiro turno, quando o tricolor foi o primeiro a bater o Timão, o atacante mantém a confiança.

“É muito bom saber que corremos bastante, a equipe jogou bem e eu consegui fazer dois gols. Temos agora 10 dias até o jogo contra o Corinthians e a gente também tem condições de vencer esse jogo”, disse o matador, que pediu a manutenção da postura apresentada contra o Vila Nova para a seqüência da Série B: “tem muita coisa pela frente. São oito jogos onde tudo pode acontecer e temos que jogar desta forma daqui para frente”.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo