iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

07/10 - 19:57

Mano concorda com Luxemburgo, mas reprova autoelogio

“Acho que ele é bom mesmo, mas nem precisava falar isso porque todo mundo fala", disse técnico corintiano

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - As declarações da semana passada do técnico Vanderlei Luxemburgo sobre a seleção brasileira seguem repercutindo. O comandante alviverde falou que “é bom e seria campeão olímpico e mundial caso não fosse derrotado para Camarões em Sydney-2000”.

Comandante do Timão, Mano Menezes demonstrou discordância com a atitude do colega de profissão. “Acho que ele é bom mesmo, nem precisava falar isso porque todo mundo fala”, disse o comandante alvinegro, em entrevista nesta terça-feira à Rádio Globo.

Os dois treinadores já tiveram algumas rusgas na temporada 2008. Mano Menezes se irritou sobretudo no momento em que Vanderlei Luxemburgo analisou alguns pontos fracos do Corinthians pouco antes do confronto diante do Botafogo, pela Copa do Brasil.

“A minha relação com ele é de colega de trabalho. Falamos muito pouco. Recentemente, participamos de uma palestra junto com o Muricy (Ramalho, treinador do São Paulo), falamos sobre o futebol. Ele tem a maneira dele de se conduzir, eu tenho a minha”, comentou Mano Menezes. “Aquele caso da Copa do Brasil é desagradável, muito mais horas antes de um jogo”, emendou.

No Corinthians, Mano Menezes chegou a ser acusado de privilegiar jogadores gerenciados por seu empresário, Carlos Leite. Luxemburgo saiu imediatamente em sua defesa. Nem assim o técnico do Verdão ganhou elogios. “Agradeço a preocupação (do Luxemburgo), mas passo”, despistou Mano Menezes.


Leia mais sobre: Mano Menezes Vanderlei Luxemburgo



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo