iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

07/10 - 13:46

Luís Fabiano e Júlio Baptista defendem Dunga

Ambos os jogadores foram cortados por contusão e estão fazendo recuperação no ex-clube, o São Paulo

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - O atacante Luís Fabiano e o meia Júlio Baptista foram cortados da lista de convocados para as próximas partidas da seleção brasileira pelas Eliminatórias da Copa do Mundo. No entanto, mesmo estando longe da delegação canarinho em função de contusões musculares, os dois jogadores fizeram questão de defender o técnico Dunga de críticas. Assista ao vídeo no player ao lado >>

“É um treinador muito sério. Quando ele toma uma decisão, é algo bem pensado. Ele não faz uma coisa sem pensar. Tem um temperamento muito forte e, às vezes, fica chateado pelas críticas. Outros treinadores já passaram por isso e a maior virtude dele é ser um lutador. Mesmo sofrendo críticas, está fazendo um trabalho bem feito”, afirmou o atleta da Roma.

Com uma lesão muscular na coxa direita, Júlio Baptista está se recuperando no São Paulo e aproveita para observar a pressão que Dunga recebe. Aliás, o jogador considerou inoportuna a declaração recente do palmeirense Vanderlei Luxemburgo, que se disse capaz de dirigir a equipe canarinho.

“É complicado. Todo treinador tem a vontade de treinar a seleção brasileira, mas é preciso de respeito, até pela forma que está a seleção. Se existir vontade de trocar, será do presidente da CBF. Não acho uma coisa muito boa dar declaração de que gostaria de ser o técnico. Ele (Luxemburgo) é um grande treinador, mas não foi uma declaração muito contente”, comentou o meia, que foi substituído por Alex, do Internacional, na lista para os jogos das Eliminatórias.

Também cortado em função de contusão na coxa direita, e substituído por Adriano, Luís Fabiano seguiu o discurso do amigo para defender o comandante da equipe canarinho.

“Eu gosto do Dunga. Ele faz um belo trabalho e está conseguindo resultados na seleção. Trabalhar com pressão enorme gera dificuldade, mas ele está fazendo um grande trabalho. O grupo confia nele e se une. O importante é não ligar para a pressão e continuar fazendo o trabalho”, comentou.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo