iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

07/10 - 23:32

Jogadores esperam apagar má impressão em casa

Na última partida em casa, contra a Bolívia, Brasil ficou só no empate sem gols e seleção foi vaiada

Gazeta Esportiva

RIO DE JANEIRO - Depois de uma convincente vitória sobre o Chile fora de casa, o Brasil voltou a jogar mal e apenas empatou sem gols com a lanterna Bolívia no Engenhão. Resultado: gritos de “Adeus Dunga” das arquibancadas e a pressão de volta para a seqüência nas Eliminatórias.

A seleção, porém, terá uma chance de fazer as pazes com a torcida no Rio de Janeiro. Depois de visitar a Venezuela, no próximo domingo, a seleção encara a Colômbia, no Maracanã, na quarta-feira. Para os jogadores, apagar a má impressão deixada na última exibição em casa é obrigação.

“O futebol é bom por causa disso. Agora temos uma oportunidade de apagar uma má impressão que ficou com o último jogo. Tanto a torcida como nós jogadores não gostamos do jogo com a Bolívia, sabemos que rendemos abaixo do esperado, e agora temos a chance de nos recuperarmos no Maracanã. Esperamos, lógico que depois de um bom resultado na Venezuela, fazer uma boa exibição, como contra o Equador, onde fomos bem e fizemos bastante gols”, afirmou o goleiro Júlio César, lembrando da goleada por 5 a 0 sobre os equatorianos.

Mesmo com o empate decepcionante diante da torcida, o Brasil chega para a última rodada do primeiro turno na vice-liderança das Eliminatórias, o que tranqüiliza o grupo. “Se você lembrar, nas nossas primeiras entrevistas antes do jogo contra o Chile nós éramos os quintos colocados, o ambiente era de desconfiança”, recorda-se o volante Gilberto Silva, que completou 32 anos nesta terça-feira. “Nosso objetivo é vencer. Contra o Chile, trabalhamos bem e temos que nos prepara bem para estarmos afiados de novo”, emendou.

Já o volante Anderson crê que o 0 a 0 diante dos bolivianos não arranhou a imagem do time com os torcedores. “A seleção brasileira sempre tem prestígio. Fizemos um grande jogo contra o Chile, poderíamos ter vencido de quatro ou cinco. Ninguém queria aquele empate contra a Bolívia em casa, mas estamos bem na tabela”, conforma-se o jogador do Manchester United.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo