iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

07/10 - 16:47

Em crise e com Riquelme lesionado, Basile se cala

Tanto o comandante quanto o elenco vêm rechaçando que o treinador da Argentina estaria na corda bamba

Gazeta Esportiva

BUENOS AIRES (Argentina) - Após parte da imprensa argentina noticiar que o técnico Alfio Basile poderia deixar o comando da seleção da Argentina no caso de uma derrota para o Uruguai, o treinador anunciou que se calará após a realização da partida, não concedendo nenhuma declaração aos jornalistas.

Apesar dos rumores, tanto o comandante quanto o elenco que comanda vêm rechaçando que o cargo estaria na corda bamba. Nesta terça-feira, foi o volante Javier Mascherano que negou os boatos.

O jogador do Liverpool disse que a seleção estaria se classificada para a Copa do Mundo se as eliminatórias acabassem hoje - está em terceiro, atrás do líder Paraguai e do Brasil”, e não haveria razão para trocar de comando.

Mascherano reconheceu que a Argentina precisa de bons resultados após cinco jogos sem vitórias (uma derrota e quatro empates consecutivos). "Mudaremos isso agora", garantiu. “Temos que assegurar a classificação, e não colocá-la em risco. Será vital conseguir os seis pontos”, diz Mascherano.

Para a partida, no entanto, os argentinos poderão ter o desfalque de um de seus jogadores mais importantes, o meia Juan Roman Riquelme que, segundo o tablóide Olé, estaria com o pé esquerdo lesionado. O departamento médico da seleção ainda não se pronunciou sobre as condições físicas do jogador do Boca Juniors.

A Argentina enfrentará o Uruguai no próximo sábado, em Buenos Aires, e viaja para pegar o Chile em Santiago na próxima quarta, pelas duas últimas rodadas deste ano pelas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2010.


Leia mais sobre: Argentina Alfio Basile



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo