iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

07/10 - 14:02

Edinho ainda acredita na vaga para a Libertadores

Clube pode voltar suas atenções para a disputa da Copa Sul-Americana, onde disputa as quartas-de-final com o Boca

Gazeta Esportiva

PORTO ALEGRE - Com a derrota para o Coritiba, sábado, e a distância para o G-4 aumentando de quatro para sete pontos, a tendência é que o Inter comece a priorizar a Copa Sul-Americana. O clube disputa nos dias 22 de outubro e 6 de novembro as partidas das quartas-de-final da competição continental diante do Boca Juniors .

Os dirigentes mantém a postura do pensamento jogo a jogo, porém estão cientes que será difícil terminar o ano com uma vaga para a Libertadores.

Na fase anterior, da Sul-americana, diante da Universidad Católica, os colorados foram a campo com time misto e garantiram classificação com dois empates, 1 a 1 no Chile, e 0 a 0 em Porto Alegre. Apesar da distância para o quarto colocado do Brasileirão, o volante Edinho ainda acredita ser possível terminar o torneio entre os classificados para a Libertadores.

“Antes estava difícil. Agora, deu até uma melhorada, se pararmos para analisar. É uma parada um pouco difícil, mas depende da gente. Se conseguirmos quem sabe uma seqüência boa de vitórias e as outras equipes perderem pontos, temos tudo para conseguir”, analisou o jogador.

Edinho é um dos atletas há mais tempo no clube. Ele ressalta a importância de disputar com força máxima tanto a Copa Sul-americana quanto as últimas 10 rodadas do Campeonato Brasileiro.

“São duas competições muito importantes para nós. A Sul-americana, se vencermos, é mais um título internacional e o Brasileiro, para quem sabe, no ano do centenário estar disputando uma Libertadores”, explicou.

Porém, a tarefa de passar pelo Boca não é fácil. O clube não vive bom momento no Campeonato Argentino e deve entrar com os titulares para enfrentar o Inter. Os argentinos até o momento são uma barreira intransponível para os colorados. Nas duas vezes que se enfrentaram pela Sul-Americana o colorado foi eliminado com direito a goleada na Bombonera.

“Agora a equipe está mais preparada. O clube está mais estruturado para disputar estas competições internacionais. Serviram de lição aquelas derrotas para o Boca para conquistarmos em 2006 a Libertadores”, afirmou Edinho.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo