iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

07/10 - 12:50

Brasiliense multa Jóbson por suspeita de embriaguez em treino
O episódio foi confirmado pelo técnico do time, Reinaldo Gueldini, e pelo supervisor do clube, Paulo Henrique

Gazeta Esportiva

TAGUATINGA - O Brasiliense divulgou, nesta terça-feira, que irá multar o atacante Jóbson em 20% de seu salário. Motivo: o jogador – artilheiro do clube candango na Série B do Campeonato Brasileiro com sete gols – compareceu ao treino da manhã do último sábado com sinais de embriaguez.

O episódio foi confirmado pelo técnico do time, Reinaldo Gueldini, e pelo supervisor do clube, Paulo Henrique. Jóbson teve que ser mandado de volta para casa na ocasião, e teria afirmado que não enfrentará o CRB na próxima sexta-feira, em jogo na Boca do Jacaré pela 30ª rodada da Série B, caso fosse realmente multado.

Gueldini, que trabalho com o atacante nas categorias de base do Brasiliense, lamentou o desvio de conduta de Jóbson. “Lógico que eu fico chateado. O Jóbson depende do físico para jogar e faz besteira. Tem que aprender na dor”, explicou o treinador, segundo o jornal Correio Braziliense.

O presidente do clube candango, Luiz Estevão, também admitiu os problemas com seu atleta. “Eu tomei conhecimento dos fatos e as providências foram tomadas. Ele já foi multado. Não tem possibilidade da multa ser revertida”, afirmou o ex-senador, que não revelou se conversou diretamente com Jóbson.

Com apenas 20 anos, o atacante tem se notabilizado pelos gols marcados, mas também pelos episódios polêmicos nos quais se envolve. Em abril, durante o Campeonato Brasiliense, o jogador foi ofendido por um amigo de Dimba, também atacante do Brasiliense. O caso acabou gerando desentendimentos entre os dois ao longo da Série B.

Não foi só. O jogador ainda fugiu de carro para a casa da família em agosto, retornando ao clube oito dias mais tarde e sem comunicar a diretoria. Depois, em setembro, Jóbson protagonizou mas um desentendimento no elenco – desta vez, com o lateral-direito Patrick e com o meia Iranildo, com quem disputava o posto de batedor de pênaltis.

Ainda assim, o técnico da equipe pede mais compreensão com o jogador. “Ele é um menino que tem que ser ajudado”, pediu Reinaldo Gueldini.


Leia mais sobre: Brasiliense Série B



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo