iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

06/10 - 18:06

Recorrentes, expulsões de Léo preocupam gremistas

Zagueiro foi mandado para o chuveiro mais cedo contra Goiás, São Paulo e Botafogo, mas não se considera violento

Gazeta Esportiva

PORTO ALEGRE - A expulsão do zagueiro Léo, na vitória sobre o Botafogo, sábado, não agradou aos dirigentes gremistas. O defensor foi expulso após ter agredido o atacante Jorge Henrique, ainda no primeiro tempo. O árbitro Héber Roberto Lopes mostrou o cartão vermelho aos dois jogadores.

“No decorrer do jogo, eu já tinha recebido duas. Falei com o juiz e ele não me ouviu. Na terceira foi difícil me segurar e acabei me defendendo”, explicou o jogador tricolor.

Essa é a terceira expulsão de Léo no Campeonato Brasileiro. As outras duas foram diante de Goiás e São Paulo, segundo ele, ambas de maneira injusta. Nos dois casos, o defensor foi absolvido no Supremo Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), o que não deve ocorrer desta vez.

O jogador não tem medo de ficar marcado devido aos seguidos cartões vermelhos. Ele ainda soma quatro cartões amarelos na competição. “Não me preocupo com isso. Sou um jogador tranquilo. Não sou violento. Não faço tantas faltas”, opinou.

Na jogada com Jorge Henrique, Léo afirma ter levado uma cotovelada do botafoguense. Por isso, sua reação de revide. Porém, a direção não se convence da justificativa.

“Ele teve uma reação desproporcional, apesar de ter sido agredido”, afirmou o assessor de futebol André Kriger. Os cartolas irão conversar com o jogador nesta terça-feira. Como Pereira segue com lesão muscular, o substituto de Léo para enfrentar o Goiás, quarta-feira, será Jean.

Leia mais sobre: Léo Grêmio



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo