iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

06/10 - 13:49

Kahn critica mudanças táticas de Klinsmann no Bayern de Munique

Kahn também reclamou do volante holandês Mark van Bommel ser relegado ao banco de reservas

EFE

BERLIM (Alemanha) - O ex-goleiro Oliver Kahn, um dos maiores ídolos da história do Bayern de Munique e que deixou os gramados na temporada passada, criticou o técnico Jürgen Klinsmann por arriscar muito na postura da equipe em campo.

No último fim de semana, o time empatou em 3 a 3 com o Bochum, pela sétima rodada do Alemão, e está em 11º lugar na tabela de classificação.

"Cada clube tem sua própria filosofia, que pode receber alguns retoques, mas não ser mudada completamente. Não podemos chegar no Milan e dizer que jogaremos como o Real Madrid", comentou o ex-capitão do Bayern.

"É surpreendente que ele tenha resultados tão ruins jogando com quase a mesma equipe que foi campeã alemã e da Copa da Alemanha", completou.

Kahn reclamou também de o zagueiro holandês Mark van Bommel ser relegado ao banco de reservas. "Um capitão que está sentado no banco não pode desempenhar sua função como deveria", disse o ex-goleiro.

O setor defensivo do Bayern também é alvo de muitas críticas.

Foram 13 gols sofridos desde o início da temporada - desempenho melhor apenas que o de Werder Bremen (16) e Borussia Mönchengladbach (15).

Outro que reclamara das inovações táticas do ex-atacante à frente do Bayern foi o meio-campo brasileiro Zé Roberto, em entrevista à revista "Kicker".


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo