iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

04/10 - 16:29

STJD absolve Luiz Estevão por gestos obscenos contra o Gama

O julgamento aconteceu na noite da última sexta-feira, no Superior Tribunal de Justiça Desportiva, no Rio de Janeiro

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) decidiu absolver o presidente do Brasiliense, Luiz Estevão, pela denúncia de atos obscenos na partida contra o Gama, no dia 20 de setembro. Por quatro votos a zero, o júri decidiu considerar o senador cassado inocente, apesar de fotos e gravações do dia mostrarem claramente os gestos ofensivos que o político fez para a torcida.

Na ocasião, o Jacaré ganhou de 3 a 2 do seu rival do Distrito Federal, no Estádio Serejão. O julgamento aconteceu na noite da última sexta-feira, no Superior Tribunal de Justiça Desportiva, no Rio de Janeiro.

“Fui ofendido e que a imprensa não noticiou o que os torcedores falaram para mim. As críticas eram ofensivas. Retribuí com gesto, pois ninguém escutaria minha voz. Esta atitude afronta qualquer tipo de moralidade, salvo na linguagem do futebol”, justificou Luiz Estevão, em depoimento ao tribunal.

Em defesa ao presidente, o advogado do Brasiliense, Carlos Portinho, apurou que o artigo 188 do CBJD não prevê pena em casos de ofensas à torcida adversária, e ainda gracejou: também não há punição para os torcedores que ofendem dirigentes.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias