iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

04/10 - 20:20

No sufoco, Flamengo bate Náutico e permanece no G-4

Apesar da pressão do rival, cariocas souberam aproveitar as oportunidades e venceram por 2 a 0

Gazeta Esportiva

RECIFE - O Flamengo sofreu, mas conseguiu vencer o Náutico por 2 a 0 neste sábado, fora de casa, e se manteve no G-4. Agora, o time carioca aparece na quarta colocação com 49 pontos.

Já o Náutico cai para o 15º lugar, com 30 pontos.

Na partida deste sábado, após um bom primeiro tempo no qual chegou ao gol com Marcelinho Paraíba em cobrança de pênalti, o Flamengo caiu de produção na etapa final e viu o Náutico promover uma verdadeiro bombardeio ao gol de Bruno.

Contudo, o Flamengo segurou a pressão e conseguiu chegar ao segundo gol com Leonardo Moura, que acertou um belo chute no ângulo de Eduardo e selou a vitória rubro-negra.

Na próxima rodada, o Flamengo recebe o Atlético-MG no Maracanã, enquanto o Náutico vai ao Morumbi enfrentar o São Paulo.

O jogo: O Náutico iniciou a partida no ataque, principalmente nas jogadas do veterano Kuki, que partia para cima de Jaílton. Contudo, foi o Flamengo que saiu na frente.

Aos 16 minutos, Marcelinho Paraíba achou bem Vandinho, que driblou Eduardo e acabou derrubado pelo goleiro do Náutico. O árbitro assinalou o pênalti, que Marcelinho cobrou com categoria e fez 1 a 0 para o Flamengo.

Seis minutos após o gol, o Flamengo quase ampliou. O zagueiro Everaldo recuou mal uma bola e Vandinho aproveito. O atacante rubro-negro dominou, driblou o goleiro Eduardo, mas, desequilibrado, chutou para fora.

O primeiro bom lance do Náutico só aconteceu aos 25 minutos, quando Paulo Santos cortou um adversário, mas chutou fraco, fácil para a defesa de Bruno. O duelo entre o meio-campo do Náutico e o goleiro do Flamengo se repetiria no lance seguinte, novamente com vantagem para o jogador rubro-negro.

O Flamengo respondeu logo em seguida, quando Juan foi acionado pela esquerda e bateu cruzado, com muito perigo para Eduardo.

Eduardo voltaria a ter trabalho aos 40 minutos, quando defendeu um chute cara-a-cara de Vandinho, espalmando para escanteio. Na cobrança fechada de Marcelinho Paraíba, o goleiro teve que dar um tapa para evitar o gol olímpico.

O primeiro tempo seguiu disputado, com os dois times buscando o ataque, mas nenhuma das equipes conseguiu mudar o placar.

Na volta para o segundo tempo, o Náutico buscava mais o ataque, mas não conseguia criar chances efetivas de gol. Contudo, aos dez minutos, Felipe perdeu uma oportunidade incrível ao chegar na cara de Bruno, batendo cruzado, mas para fora.

Seis minutos depois, Derley teve nova chance, ao dominar na entrada da área e soltar uma bomba que passou sobre o gol de Bruno.

Aos 20 minutos, foi a vez de Wiliam perder uma chance na área, batendo cruzado e para fora. Cinco minutos depois, foi o goleiro flamenguista Bruno que impediu o empate, ao defender uma cabeçada dentro da pequena área.

O Flamengo resolveu responder aos 27 minutos. Vandinho recebeu na entrada da área e chutou por cima do gol de Eduardo.

Apesar de toda pressão do time da casa, mais uma vez valeu o ditado: “quem não faz toma”. Aos 41 minutos, Leonadro Moura acertou um belo chute no ângulo de Eduardo e marcou um golaço.

O Náutico ainda teve a chance de diminuir, mas Felipe desperdiçou uma cobrança de pênalti e o jogo ficou no 2 a 0 para o Flamengo.


 

FICHA TÉCNICA (Veja como foi lance a lance)
NÁUTICO-PE 0 x 2 FLAMENGO-RJ

Local: Aflitos, em Recife (PE)
Data: 4 de outubro de 2008 (Sábado)
Horário: 18h20 (de Brasília)
Árbitro: Salvio Spinola Fagundes Filho (Fifa-SP)
Assistentes: Alessandro Rocha (Fifa-BA) e Milton Otaviano dos Santos (Fifa-RN)
Cartões amarelos: Eduardo, Valdeir, Vagner e Clodoaldo (Náutico) ; Juan, Vandinho, Fábio Luciano e Bruno (Flamengo)

Gol: FLAMENGO: Marcelinho Paraíba, aos 16 minutos do primeiro tempo ; Leonardo Moura, aos 41 minutos do segundo tempo

FLAMENGO: Bruno; Jaílton, Fábio Luciano, Ronaldo Angelin; Leonardo Moura, Kléberson (Fierro), Toró (Aírton), Ibson e Juan; Marcelinho Paraíba (Obina) e Vandinho
Técnico: Caio Júnior

NÁUTICO:
Eduardo; Ruy, Vagner, Everaldo e Alessandro; Hamilton, Paulo Santos (Willian), Adriano, Valdeir (Derley), Kuki (Felipe) e Clodoaldo
Técnico: Roberto Fernandes

Leia mais:


Leia mais sobre: Flamengo Náutico Campeonato Brasileiro



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo