iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

04/10 - 18:54

Após início avassalador, Barça goleia Atlético de Madri
Equipe catalã abriu 3 a 0 em apenas oito minutos; Com a vitória, o time de Messi assumiu a vice-liderança

EFE

BARCELONA (Espanha) - Jogando no Camp Nou, o Barcelona aplicou uma goleada de 6 a 1 no Atlético de Madri pela sexta rodada do Campeonato Espanhol. Embora fosse esperado um duelo equilibrado entre dois dos favoritos ao título, o Barça abriu 3 a 0 no placar em apenas oito minutos.

A vitória fez com que a equipe catalã pulasse para a vice-liderança, com 13 pontos. Já os comandados do mexicano Javier Aguirre, com nove, estão em sétimo.

O time da casa vinha sendo criticado pela falta de eficiência do setor ofensivo, mas abriu o placar logo aos três minutos da primeira etapa. O volante Xavi cobrou escanteio e o zagueiro mexicano Rafa Márquez completou, de cabeça, para o fundo da rede.

Aos cinco, o zagueiro tcheco Tomas Ujfalusi derrubou o atacante argentino Lionel Messi dentro da área e o árbitro Eduardo Iturralde González assinalou pênalti. O camaronês Samuel Eto'o cobrou no canto direito do goleiro francês Gregory Coupet e ampliou.

Já aos oito, Ujfalusi cometeu falta em Messi. O campeão olímpico aproveitou a distração do Atlético, que ainda organizava a barreira, e cobrou, fazendo o terceiro do Barça.

O lance gerou muita reclamação e o lateral-esquerdo Antonio López acabou levando um cartão amarelo.

O Atlético esboçou uma reação e diminuiu aos 13, com uma bomba do meia argentino Maxi Rodríguez. Porém, cinco minutos depois, o Barcelona fez mais um. Xavi cruzou para Eto'o, que matou no peito, tirou Ujfalusi da jogada e chutou para o fundo do gol de Coupet.

Para piorar a situação da equipe da capital, Maxi Rodriguez sentiu uma lesão e teve que ser substituído aos 20 por Miguel de las Cuevas.

Já aos 28, o meia Iniesta deixou Ujfalusi e Antonio López no chão e acertou a trave. No rebote, o atacante islandês Eidur Gudjohnsen completou para o fundo da rede.

Em noite inspirada, Messi esteve perto de marcar um gol antológico aos 40 minutos. O argentino recebeu a bola no centro do campo, partiu em velocidade e passou por López e Ujfalusi. No entanto, ao deixar Coupet para trás, chutou para fora, com a bola passando perto da trave.

O esperado duelo entre Messi e seu compatriota Sergio Agüero não ocorreu como esperado e o atacante do Atlético foi substituído por Ever Banega aos 12 do segundo tempo.

Já Eto'o, que foi bem no Camp Nou, deixou o gramado dois minutos depois, dando lugar ao atacante francês Thierry Henry.

O ritmo da partida não era o mesmo do primeiro tempo e só aos 23 houve um lance de perigo. Xavi dominou com categoria e pôs Gudjohnsen na cara do gol. No entanto, o islandês chutou em cima de Coupet.

Na seqüência, Messi, a estrela da noite, foi substituído pelo jovem atacante Bojan. Na saída do gramado, o argentino foi ovacionado pela torcida no Camp Nou.

Em um dos raros momentos de perigo do time de Madri, Ujfalusi cabeceou forte, mas o goleiro Victor Valdés defendeu, dando seqüência à noite ruim do tcheco.

Já aos 28, Henry iniciou uma triangulação com Xavi e Boja. O francês correu para concluir a jogada e fez com que Coupet fosse buscar a bola no fundo da rede pela sexta vez.

O resultado anima o Barcelona para o confronto da próxima rodada, contra o Athletic Bilbao, no San Mamés, enquanto o Atlético terá pela frente o clássico contra o Real Madrid no Vicente Calderón.

Mais cedo, o Villarreal venceu o Bétis por 2 a 1, de virada, e assumiu a liderança do Espanhol.

Ficha técnica:


Barcelona: Valdés; Puyol, Piqué, Márquez e Abidal; Busquets, Xavi (Keita, aos 28 minutos do segundo tempo) e Gudjohnsen; Messi (Bojan, aos 24 min do segundo tempo), Iniesta e Eto'o (Henry, aos 13 min do segundo tempo). Técnico: Josep Guardiola.

Atlético de Madri: Coupet; Perea, Heitinga, Ujfalusi e Antonio López; Paulo Assunção, Raúl García, Maxi Rodríguez (Miguel, aos 20 min do primeiro tempo) e Luis García (Pernía, no intervalo); Agüero (Banega, aos 12 min do segundo tempo) e Sinama Pongolle. Técnico: Javier Aguirre.

Cartões amarelos: Heitinga, Ujfalusi, Antonio López, Agüero e Henry.

Árbitro: Eduardo Iturralde González (ESP), auxiliado pelos compatriotas Núñez Fernández e Díaz Pérez.


Leia mais sobre: Barcelona Atlético de Madri Campeonato Espanhol



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


EFE

Show no Camp Nou
Barcelona não tomou conhecimento do bom time do Atlético e aplicou uma goleada de 6 a 1

Topo