iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

03/10 - 18:30

Três titulares estão no departamento médico do Cruzeiro
Maior preocupação é com o volante Fabrício; meia Wagner e zagueiro Thiago Heleno ainda são dúvidas 

Gazeta Esportiva

BELO HORIZONTE - Os gramados da Toca da Raposa passaram a sexta-feira desocupados, enquanto os jogadores descansavam da vitória suada de 1 a 0 sobre o Sport. Porém, o Centro de Treinamentos do Cruzeiro estava agitado em outro ponto: o departamento médico.

A maior preocupação é com o volante Fabrício, que torceu o joelho esquerdo após uma entrada violenta de Luciano Henrique, no início do jogo desta quinta-feira. Em princípio, está descartada uma lesão grave de ligamentos, mas será preciso aguardar pelo resultado dos exames de ressonância magnética para se ter um diagnóstico.

Outros dois jogadores, também com dores no joelho,estão sendo observados pelo médico Sérgio Freire Júnior. O meia Wagner se recupera de uma torção sofrida no último domingo, contra o São paulo, e ainda é dúvida para o próximo jogo, contra o Ipatinga, na quinta-feira. Thiago Heleno, que foi cortado horas antes da partida contra Sport, preocupa menos o departamento médico. O zagueiro deve treinar normalmente e, se não sentir mais dores, fica à disposição de Adilson Batista.

Problemas médicos à parte, um desfalque é certo para o duelo estadual da próxima semana. O zagueiro Espinoza servirá o Equador nas Eliminatórias, ausência causada pela confecção da tabela do Brasileirão, que ignora as seleções, e à qual o Cruzeiro já está se acostumando. Em contrapartida, Marquinhos Paraná, que estava suspenso, retorna ao time.


Leia mais sobre: Cruzeiro Brasileirão



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo