iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

03/10 - 21:46

Pressionado, Vasco recebe Figueirense no choque do desespero
“O Vasco precisa de qualquer maneira desta vitória e, para isso, contamos com o apoio dos nossos torcedores", disse Madson

Gazeta Esportiva

RIO DE JANEIRO - Um jogo em que o perdedor dará um passo gigantesco rumo à Série B do Campeonato Brasileiro e que o ganhador não terá a certeza da permanência na elite do cenário nacional. Assim será o confronto entre Vasco e Figueirense, que se enfrentam neste sábado, às 18h20 (de Brasília), em São Januário, no Rio de Janeiro (RJ), pela 28ª rodada do Brasileirão.

Ambos estão seriamente ameaçados de rebaixamento. O Cruzmaltino perdeu seus cinco últimos jogos na competição, sendo o mais recente por 3 a 1 para o Ipatinga. Além disso, com 26 pontos, entrará em campo pressionado por segurar a lanterna e pelos protestos que seus torcedores fizeram ao longo da semana.

O Figueira até conseguiu um bom resultado na rodada passada, ao empatar sem gols com o Atlético-MG em Minas Gerais. Porém, com 29 pontos, está longe de viver com tranqüilidade.

Renato Gaúcho, técnico do Vasco, sabe da importância de contar com o apoio dos torcedores neste sábado, até porque São Januário pode virar um caldeirão próximo de explodir caso as coisas não aconteçam dentro do esperado para o mandante. Justamente por isso ele convocou a torcida a jogar junto com o time.

“O Vasco vai precisar muito fazer seu dever de casa, o que não estava conseguindo nos últimos jogos. O Figueirense é um concorrente direto e precisa sentir que está jogando como visitante e a nossa torcida vai nos apoiar ao longo dos 90 minutos. Queremos o estádio cheio e com os torcedores jogando juntamente com o time do Vasco. Somente com a união de todos poderemos sair desta dificuldade e respirar um pouco mais tranqüilos após a partida”, disse Renato.

Os jogadores do Vasco também esperam contar com o apoio dos torcedores por entenderem que o confronto é direto na luta contra o rebaixamento. Para que o apelo comova a torcida, eles prometem o máximo de empenho dentro das quatro linhas na busca por um resultado positivo.

“O Vasco precisa de qualquer maneira desta vitória e, para isso, contamos com o apoio dos nossos torcedores. Quem for ao estádio vai ver um time lutando ao longo dos 90 minutos, não acreditando em bola perdida e fazendo de tudo para superar o Figueirense”, prometeu o meia Madson.

O time segue com vários problemas. O lateral-direito Wagner Diniz, o volante Johnny e o meia Leandro Bomfim estão entregues ao departamento médico; o volante Jonílson cumpre o último jogo da pena imposta pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), enquanto o zagueiro Jorge Luiz e o meia Mateus receberam o terceiro cartão amarelo diante do Ipatinga e também cumprirão suspensão.

Em relação ao jogo passado, Alan Kardec ganhou a vaga de Jorge Luiz, com o esquema com três zagueiros sendo deixado de lado e Edmundo passando a atuar de forma mais recuada. Victor será o primeiro volante.

Pelo lado do Figueirense, o técnico Mário Sérgio também vê a partida deste sábado como uma excelente oportunidade de mergulhar em mares mais tranqüilos nas próximas rodadas e por isso tem trabalhado seus jogadores para encararem o duelo como uma verdadeira decisão.

“Se ganharmos o jogo vamos, por exemplo, abrir seis pontos do Vasco e cinco do Fluminense. Além disso podemos contar com alguns resultados que nos ajudem e assim teremos tranqüilidade ainda maior na próxima semana. Vencer esse jogo é importante porque depois vamos jogar em casa e temos a chance de fazer uma pontuação que praticamente afaste o risco de queda. Sabemos que isso não será fácil pela qualidade do Vasco, mas não podemos pensar em outro resultado que não seja a vitória”, afirmou Mário Sérgio.

Para este jogo Mário Sérgio não poderá contar com o atacante Ramon, com dores na coxa direita. Com isso, Tadeu entra para formar dupla com Bruno Santos. O primeiro é uma troca simples, enquanto o segundo reforçaria a marcação no meio-de-campo. Na zaga, Bruno Perone ocupa a vaga do suspenso Gomes.

FICHA TÉCNICA
VASCO-RJ x FIGUEIRENSE-SC


Local: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 4 de outubro de 2008 (Sábado)
Horário: 18h20(de Brasília)
Árbitro: Alicio Pena Júnior (Fifa-MG)
Assistentes: Márcio Eustáquio Santiago (MG) e Wenderson Mozzer (MG)

VASCO: Tiago, Baiano, Eduardo Luiz, Fernando e Valmir; Victor, Madson, Alex Teixeira e Edmundo; Leandro Amaral e Alan Kardec
Técnico: Renato Gaúcho

FIGUEIRENSE: Wilson, Alex, Bruno Perone e Asprilla; Diogo, Magal, Marquinho, Cleiton Xavier e Alex Cazumba; Tadeu e Bruno Santos
Técnico: Mário Sérgio


Leia mais sobre: Vasco Figueirense Brasileirão



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo