iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

03/10 - 19:36

Octagonal final da Série C começa neste sábado; conheça as equipes
iG Esporte exibe detalhes dos clubes que poderão subir à Série B do Brasileiro; ouça também trecho das entrevistas com os presidentes e diretores

Léo Morelli, repórter iG Esporte

SÃO PAULO – Neste sábado, a partir das 15h (horário de Brasília), oito clubes iniciam a disputa da 3ª fase da Série C do Brasileiro. As equipes vão jogar entre si em turno e returno. Uma olhada rápida na tabela da fase final pode surpreender o torcedor menos informado.

Nada de América-MG, Remo, Paysandu ou Santa Cruz, equipes habituadas a figurar até mesmo na elite do futebol brasileiro. Entre os “grandes”, só o Guarani, campeão nacional em 1978, sobreviveu. No mais, o momento é de clubes emergentes que não costumavam brilhar nem mesmo em seus campeonatos estaduais.

Guarani-SP, Duque de Caxias-RJ, Rio Branco-AC, Campinense-PB, Águia-PA, Brasil-RS, Atlético-GO e Confiança-SE. Dessas, quatro garantem vaga na Série B de 2009, que promete ser a mais forte dos últimos anos. Afinal, nada menos do que cinco campeões brasileiros estão ameaçados de rebaixamento na Série A: Vasco, Fluminense, Atlético-PR, Santos e Atlético-MG.

Uma pergunta na Série C é inevitável: como essas equipes chegaram tão longe? A resposta passa pelo apoio de prefeituras e empresários, pelo enfraquecimento de alguns rivais e até mesmo pela sorte. Outro fator que incomoda os clubes é a distância, já que as equipes, por falta de recursos, viajam de ônibus, diferente dos clubes das Séries A e B, que desfrutam da agilidade e conforto das empresas aéreas.

Jogos deste sábado e a distância percorrida pelos visitantes:

Duque de Caxias-RJ x Confiança-SE
Estádio: 
Às 15h, no Raulino de Oliveira
Distância: Aracaju a Volta Redonda: 1496.09 km

Águia-PA x Guarani-SP
Estádio:
Às 16h, no Mangueirão
Distância: Campinas a Belém: 2398.10 km

Campinense-PB x Atlético-GO
Estádio:
 Às 16h, no Ernani Sátiro
Distância: 1793.89 km

Brasil-RS x Rio Branco-AC
Estádio:
Às 19h, no Bento de Freitas
Distância: 2876.91 km

Veja abaixo informações e declarações dos cartolas que buscam o acesso à Série B:

Duque de Caxias-RS
Nome: Duque de Caxias Futebol Clube
Cidade: Duque de Caxias-RJ
Na Série C porque...a Cabofriense, campeã da Taça Rio, desistiu da competição. Ai o próximo classificado foi Duque de Caxias.
Fontes de receita (R$): convênios e parcerias com empresas da cidade.
Média de público: 3 mil torcedores.
Palavras do presidente: "Nosso grupo é de operários, somos de uma cidade com mais de 1 milhão de habitantes, então, como cidadão, falo que mais de 1 milhão de pessoas estão torcendo para o Duque subir à Série B", disse Luis Carlos Martins Arêas.
Destaque do time: Atacante Edvaldo, vice-artilheiro da Série C com 10 gols.

Candidato à reeleição em Duque de Caxias, o peemedebista Washington Reis de Oliveira é um dos fundadores do clube. De acordo com o site oficial da agremiação, a prefeitura aparece como o principal patrocinador do time.

Confiança-SE
Nome: Associação Desportiva Confiança-SE
Cidade: Aracaju-SE
Na Série C porque...foi Campeão Sergipano em 2008.
Fontes de receita (R$): convênios e parcerias com empresas da cidade.
Média de público: 2 mil torcedores.
Palavras do presidente: "O clube tem apoio da prefeitura, mas ainda sobrevive de mim, do vice-presidente e de outros diretores. Cumprimos com todas obrigações", disse Milton Dantas (Miltinho)
Destaque do time: Meio-campo Wilson Surubim

De acordo com o presidente, Milton Dantas, a prefeitura contribui mensalmente com R$ 10 mil. O presidente comenta também a absolvição no STJD no caso Nilson Sergipano: “Essa denúncia não tinha fundamento. O Confiança contratou o jogador com o aval da CBF, já que se tratava de transferência internacional (Sergipano jogava no Maritimo, de Portugal). Depois de quatro meses a Federação Sergipana avisou da irregularidade, então, eles assinaram o atestado de "óbito", o clube não errou na contratação.”

Águia-PA
Nome: Águia de Marabá Futebol Clube
Cidade: Marabá-PA
Na Série C porque...foi vice-campeão paraense em 2008.
Fontes de receita (R$): patrocinadores de Marabá e governo do Estado.
Média de público: 1.800 mil torcedores.
Palavras do presidente: "Entrosamento, união do grupo, seriedade de nunca ter atrasado salário de jogador nenhum, nunca colocaram a gente na justiça, material de primeira, boa alimentação, é o que vem fazendo a diferença", disse João Galvão, presidente interino, diretor de futebol e técnico do Águia.
Destaque do time: Aleílson, atacante.

Antes da disputa da Série C, o clube recebeu R$ 50 mil da prefeitura de Marabá. Ferreirinha, presidente de honra, é candidato a vice-prefeito de Marabá pelo PT (Partido dos Trabalhadores).

Guarani-SP
Nome: Guarani Futebol Clube
Cidade: Campinas-SP
Na Série C porque...foi rebaixado na Série B em 2006.
Fontes de receita (R$): patrocinadores na camisa e bilheteria.
Média de público: 6 mil torcedores.
Palavras do gerente de futebol: "Qualquer custo nesse momento na Série C é alto, a CBF não ajuda em nada. Não temos receita então temos que fazer "milagre", disse João Roberto Souza.
Destaque do time: Xandão, zagueiro, cujos direitos federativos a Traffic já comprou.

Campinense-PB
Nome: Campinense Clube
Cidade: Campina Grande-PB
Na Série C porque...foi Campeão Paraibano em 2008.
Fontes de receita (R$): Ajuda do governo com o projeto "Gol de Placa", cerca de R$ 400 mil para a temporada.
Média de público: 15 mil torcedores.
Palavras do presidente: "O trabalho aqui é realizado com muita seriedade. Temos a quarta média de público da Série C", disse Saulo Mináh.
Destaque do time: Élvis, meio-campo.

Atlético-GO
Nome: Atlético Clube Goianiense-GO
Cidade: Goiânia-GO
Na Série C porque...foi Campeão Goiano em 2007.
Fontes de receita (R$): patrocínios e renda.
Média de público: 5 mil torcedores.
Palavras do diretor de futebol: "Um trabalho bem planejado, a maioria dos nossos jogadores tendo contrato de dois ou três anos com clube, é fundamental", disse Adson Batista.
Destaque do time: Marcão, atacante, artilheiro da Série C com 14 gols.

Brasil-RS
Nome: Grêmio Esportivo Brasil
Cidade: Pelotas-RS
Na Série C porque...foi vice-campeão da Copa Paulo Rogério Amoretty, uma espécie de seletiva gaúcha.
Fontes de receita (R$): patrocínios e renda dos jogos.
Média de público: 8 mil torcedores.
Palavras do presidente: "A presença do nosso torcedor é muito importante, mas nossa média de público caiu porque tivemos três jogos com muita chuva, torrencial, e perdemos o mando de uma partida", disse Helder Lopes.
Destaque do time: Cláudio Milar, atacante.

Rio Branco-AC
Nome: Rio Branco Futebol Clube-AC
Cidade: Rio Branco-AC
Na Série C porque...foi Campeão Acreano em 2008.
Fontes de receita (R$): patrocínios e governo do Acre, cerca de R$ 400 mil para Série C.
Média de público: 9 mil torcedores.
Palavras do presidente: "Nosso principal problema aqui no Acre são as passagens aéreas, são muito caras", disse Natalino Xavier.
Destaque do time: Testinha, atacante.

O petista Raimundo Angelim, prefeito de Rio Branco, sempre marca presença na Arena da Floresta, o moderno estádio bancado pelo Estado do Acre.


Leia mais sobre: Série C



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Divulgação

Rumo à Série B?
Campinense, de Campina Grande, interior da Paraíba, pode surgir para cenário nacional

Topo