iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

03/10 - 20:25

“Em casa”, Corinthians enfrenta Marília para abrir mais vantagem
O objetivo é abrir uma vantagem ainda maior em relação à primeira equipe fora da zona de classificação à Série A

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - A expectativa criada pela campanha do Corinthians na Série B do Campeonato Brasileiro já transcende as chances de acesso (99%, segundo os matemáticos) à Primeira Divisão e chegou à probabilidade de ganhar o título.

Cogita-se até acrescentar uma quinta estrela à camisa do clube, em homenagem à conquista. Alheia à polêmica, a equipe de Mano Menezes enfrentará o Marília às 16 horas (de Brasília) deste sábado, em Londrina.

O objetivo é abrir uma vantagem ainda maior em relação à primeira equipe fora da zona de classificação à Série A, que até o início da rodada era o Santo André – adversário do Corinthians na próxima rodada. A distância de 14 pontos (62 a 48) para a equipe de Marcelinho Carioca tranqüiliza Mano Menezes.

“Os jogadores são suficientemente inteligentes para saber que, a cada vitória conquistada, ficamos mais próximos do nosso objetivo”, apontou o técnico.

Os torcedores também entendem assim. Para aproveitar o entusiasmo do rival com a liderança folgada da Segunda Divisão, o Marília transferiu a partida deste sábado para o estádio do Café, com maior capacidade do que o Bento de Abreu e localizado em região com grande concentração de corintianos. Até a manhã de sexta-feira, mais de 25 mil ingressos já haviam sido vendidos. “A gente vai se sentir em casa. Não posso fazer nada pelo Marília. Problema deles”, comentou o volante Cristian.

Recém-contratado, Cristian não será mais a maior novidade do Corinthians em campo. Com a expulsão de Alessandro no empate com o São Caetano, Mano Menezes decidiu promover a estréia de Diogo na lateral-direita. “É importante que ele trabalhe o posicionamento tático e controle a ansiedade na estréia. Às vezes, o atleta quer mostrar mais do que precisa, mas não deve fazer nada diferente de quando jogava no Sport”, aconselhou o treinador.

Outro desfalque do Corinthians é o zagueiro Chicão, que também recebeu cartão vermelho na rodada passada. Seu substituto será Fábio Ferreira. Já o atacante Dentinho sofreu uma amigdalite na véspera da partida, porém sua escalação foi confirmada por Mano Menezes. “Mas é um problema de saúde, então pode evoluir de uma maneira que não imaginávamos. Se ele não jogar, entrará o Lulinha”, afirmou o técnico do Corinthians.

Pelo Marília, o volante Diego entrará no lugar do zagueiro Leandro Amaro, suspenso. O técnico Gil Alves, o Búfalo Gil, só não confirmou se optará por Bruno Ribeiro ou Chiquinho na lateral direita. O esquema tático mudou do 3-5-2 para o 4-4-2. Tudo para livrar o MAC da penúltima colocação da Série B, com somente 30 pontos. “Somos favoritos na maioria dos jogos, mas já perdemos e empatamos alguns. Não adianta favoritismo antes da partida”, respeitou Mano Menezes. No primeiro turno, o Corinthians goleou o adversário por 5 a 0.

FICHA TÉCNICA
MARÍLIA X CORINTHIANS


Local: Estádio do Café, em Londrina (PR)
Data: 4 de outubro de 2006, sábado
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (SP)
Assistentes: Gilson Bento Coutinho e Marcos Rogério da Silva (ambos do PR)

CORINTHIANS: Felipe; Diogo, William, Fábio Ferreira e André Santos; Cristian, Elias, Douglas e Morais; Dentinho e Herrera
Técnico: Mano Menezes

MARÍLIA: Alencar; Bruno Ribeiro (Chiquinho), Flávio, Fernando e Fernando Moura; João Marcos, Diego, João Vítor e Altair; Ricardinho Furacão e Felipe Adão
Técnico: Gil Alves


Leia mais sobre: Corinthians Série B Marília



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo