iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

03/10 - 11:53

Adilson Batista releva vaias de torcedores
O treinador do Cruzeiro chegou ser vaiado por torcedores pelas substituições feitas ao longo do jogo

Gazeta Esportiva

BELO HORIZONTE - Numa noite em que o Cruzeiro claramente não jogou bem, todos na equipe se deram por satisfeitos com a vitória de 1 a 0 sobre o Sport. O time fez as pazes com o Mineirão, onde não vencia há dois jogos, e precisava recuperar a força do mando de campo para continuar na luta pelo título nacional.

Embora não tenha sido uma grande apresentação da equipe, o técnico Adilson Batista destacou outros pontos importantes. “Tenho que agradecer aos atletas, a dedicação, o incentivo dos torcedores, a confiança que existiu. Apesar da marcação que o Sport fez, é o atual campão da Copa do Brasil. Um time bem dirigido, com um grande treinador. Nós precisávamos vencer o jogo”, ressaltou.

O treinador chegou ser vaiado por torcedores pelas substituições feitas ao longo do jogo. No entanto, foram justamente dois jogadores colocados no segundo tempo, Jajá e Gerson Magrão, os responsáveis pelo gol da vitória. Como no final tudo deu certo, o técnico cruzeirense preferiu agradecer ao apoio a reclamar dos protestos.

“A gente tem que entender, e eu só tenho que agradecer pelo incentivo no momento de dificuldade. Temos que compreender e relevar as vaias. Eu vejo que eles vão nos ajudar, serão importantes e foram decisivos, independente de não estarem no número que nós desejávamos”, disse, referindo-se ao baixo público presente ao Mineirão, abaixo de nove mil pagantes.

Adilson Batista teve tempo ainda de rasgar elogios a Gerson Magrão, herói da noite com um gol na metade do segundo tempo. “É um jogador de grupo. Quando ele ficou fora da partida contra o Figueirense, foi para as arquibancadas e apoiou o time. Vejo muito profissionalismo nisso. É um jogador responsável, sabemos do seu potencial e foi decisivo para o jogo de hoje”, agradeceu.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo