iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

02/10 - 22:38

Vitória sofrida deixa Cruzeiro a um ponto dos líderes

Gol do triunfo por 1 a 0 foi marcado pelo meia Gérson Magrão, que saiu do banco de reservas

Gazeta Esportiva

BELO HORIZONTE - O Cruzeiro venceu o Sport na noite desta quinta-feira e chegou a 49 pontos na classificação do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, a Raposa aumenta a pressão sobre os líderes Grêmio e Palmeiras, que jogam no sábado, contra Botafogo e Atlético-MG, respectivamente. O Sport fica na 11ª posição, com 39 pontos, independentemente do fechamento da rodada.

Assista ao gol da vitória do Cruzeiro

O Sport mostrou desde o início do jogo que sua proposta era jogar nos contra-ataques, fechando-se bem, com três zagueiros, e saindo em velocidade pelas pontas. Os visitantes impuseram uma marcação forte, por vezes violenta, o que incomodou os cruzeirenses. Fabrício deixou o campo contundido com menos de dez minutos e Ramires também se queixou de dores no tornozelo.

De toda forma, o desempenho defensivo rubro-negro no primeiro tempo foi louvável. O Cruzeiro criou poucas jogadas interessantes e, quando isto aconteceu, foi jogando pelo alto ou a partir de bolas paradas.

A primeira oportunidade celeste foi aos dez minutos. Na sobra de um escanteio, Fernandinho levantou, Camilo ajeitou de cabeça e Ramires, na saída de Magrão, tocou por cima do gol. Aos 28, Fernandinho bateu falta rasteiro e um desvio tirou o goleiro do lance, mas a bola passou sobre o travessão. Aos 32, Thiago Ribeiro cabeceou na direção do gol, mas Elias desviou para escanteio.

Se, na defesa, o Sport tinha sucesso em anular o Cruzeiro, no ataque não atingia seu objetivo. Mesmo atraindo o adversário, o Leão da Ilha não conseguia encontrar espaço suficiente para encaixar os contra-ataques. O único momento em que o time assustou a torcida mineira foi aos 35 minutos, quando Enílton tocou para as redes na sobra de um chute prensado, mas o atacante estava impedido.

O segundo tempo começou um pouco mais movimentado que o primeiro, mas a marcação rubro-negra continuava anulando o ataque celeste. A torcida foi perdendo a paciência e chegou a protestar contra o técnico Adilson Batista. O gol salvador, no entanto, surgiu de uma jogada feita por dois atletas que ele havia colocado já na etapa final.

Aos 22 minutos, em sua primeira jogada da partida, o atacante Jajá pegou a bola no meio-campo, tabelou com Guilherme e rolou na ponta para Gerson Magrão. O meia encheu o pé e a bola saiu forte, rasteira e ainda tocou no goleiro Magrão antes de estufar as redes.

Atrás no placar, o Sport passou a assumir outra postura em campo. Nelsinho Baptista fez substituições ofensivas, trocando do 3-5-2 para o 4-3-3. O Leão da Ilha assumiu o domínio territorial do campo, atacando a todo o tempo, mas o Cruzeiro conseguiu se defender com segurança, levando a vantagem até o apito final.

Na próxima rodada as duas equipes jogam em casa. Na quarta-feira, o Sport recebe o Vasco, na Ilha do Retiro. Já o Cruzeiro tem exatamente uma semana para se preparar para o jogo contra o Ipatinga, no Mineirão.

FICHA TÉCNICA
CRUZEIRO 1 X 0 SPORT  (Veja como foi o jogo lance a lance)

Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data: 2 de outubro de 2008, quinta-feira
Horário: 20h30 (de Brasília)
Árbitro: Carlos Eugênio Simon (Fifa-RS)
Assistentes: Paulo Ricardo Conceição (RS) e Júlio César Santos (RS)

Cartões amarelos: Andrade, Roger, Elias (Sport); Ramires, Thiago Ribeiro (Cruzeiro)

Gols: Gerson Magrão, aos 22 minutos do segundo tempo

CRUZEIRO: Fábio; Jonathan, Léo Fortunato, Espinoza e Fernandinho; Fabrício (Elicarlos), Henrique, Ramires e Camilo (Gerson Magrão); Guilherme e Thiago Ribeiro (Jajá)
Técnico: Adilson Batista

SPORT: Magrão; Igor, César Lucena e Elias (Fumagalli); Carlinhos Bala, Andrade (Ciro), Moacir, Luciano Henrique e Dutra; Enílton (Sidny) e Roger
Técnico: Nelsinho Baptista


Leia mais sobre: Cruzeiro Sport Brasileirão



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Gazeta Press

Raposa viva
Com o triunfo, o Cruzeiro avançou para 49 pontos, apenas um atrás dos líderes Palmeiras e Grêmio

Topo