iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

02/10 - 14:17

Pifero quer lavar a alma gaúcha diante do Boca
Dirigente comemorou a passagem de fase e projetou o confronto diante do Boca Juniors, próximo adversário na competição continental

Gazeta Esportiva

PORTO ALEGRE - O presidente do Inter, Vitorio Piffero, está ciente que a atuação diante do Universidad Católica nesta quarta-feira no Beira-Rio não foi das melhores. O empate por 0 a 0 que garantiu a vaga do clube nas quartas-de-final da Copa Sul-americana não agradou aos torcedores, mesmo que tenha sido a equipe reserva que entrou em campo. O dirigente comemorou a passagem de fase e projetou o confronto diante do Boca Juniors, próximo adversário na competição continental.

“Como torcedor está engasgado. Os jogadores que estão aqui já são em bom número diferentes dos que jogaram contra o Boca no passado, nessas duas vezes. É uma escola de futebol diferente, a do Boca. Um adversário da maior qualidade”, comentou Piffero, relembrando os confrontos anteriores do Inter diante dos argentinos.

O Colorado enfrentou o Boca em duas oportunidades pela Copa Sul-ameriana, em 2003 e 2005. Em nenhuma delas saiu classificado e ainda foi goleado em ambas nos jogos em Buenos Aires. Porém, o dirigente provocou o arqui-rival Grêmio. “Temos que lavar a honra do Rio Grande”, afirmou numa clara alusão que não foi apenas o Inter que não conseguir bater a equipe argentina, já que na final da Libertadores do ano passado o Tricolor perdeu tanto em casa quanto fora para o time de Riquelme.

O confronto de ida será no Beira-Rio no dia 22 de outubro. O mandatário colorado pediu para a torcida comprar seu ingresso o quanto antes, pois segundo ele “é jogo para não sobrar espaço para uma mosca”. A projeção é que 60 mil torcedores estejam presentes na partida. O jogo de volta está marcado para 5 de novembro.

O presidente manteve “os pés no chão” ao falar sobre as chances do Inter conquistar uma vaga para a próxima Libertadores. Segundo ele, apesar da diferença para o G-4 ser de quatro pontos, existem muitos clubes na briga. Porém, ressaltou que o colorado tem a vantagem de ter ainda quatro confrontos diretos com adversários que possuem os mesmos objetivos.

“Temos um caminho espinhoso pela frente. Estamos que crescendo de produção. Os jogadores estão se encontrando em campo. A preparação física está muito melhor e a qualidade dos jogadores aflora”, disse o esperançoso Piffero.

Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo