iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

02/10 - 08:27

“Insubstituível”, Rogério aprova ‘capitão tampão’

Apesar dos elogios até do dono da braçadeira, André Dias assume que nem sonha em ficar com 'cargo' definitivamente

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - É fato no São Paulo que a faixa de capitão do clube pertence ao goleiro Rogério Ceni. Porém, na ausência do arqueiro, outro jogador mostrou que tem condições de vestir a braçadeira.

Depois de ver André Dias comandando a equipe na vitória sobre o Cruzeiro, o próprio goleiro aprovou a escolha do zagueiro como seu substituto.

“Foi boa a escolha por ele porque é um jogador de bom caráter e sério, não que os outros não sejam. Mas acho que o Muricy premiou a pessoa correta. E ele se inspirou com a faixa de capitão e saltou 20 centímetros a mais na hora do gol (risos)”, analisou Ceni.

O goleiro não pôde participar da partida contra o Cruzeiro em função de uma contusão na panturrilha direita e ainda é dúvida para o compromisso diante do Ipatinga. Na partida passada, Muricy deu a André Dias a chance de carregar a tarja de capitão e o zagueiro mostrou inspiração ao marcar, de cabeça, o primeiro gol da vitória tricolor por 2 a 0.

Apesar de receber elogios até do dono da braçadeira, André Dias reconhece que nem sonha em ficar definitivamente como o capitão da equipe.

“Hoje, não há nenhum jogador que possa substituir o Rogério com a faixa. Eu fiquei feliz com a chance e achei uma responsabilidade boa e agradável ser capitão em uma equipe como o São Paulo. Mas sou consciente do que o Rogério significa para o São Paulo. Quando você o vê em campo, fica até mais tranqüilo”, concluiu.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo