iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

02/10 - 18:32

'Concentração total' não visa coibir noitadas, diz dirigente gremista

"Não há suspeita de noitada. Nossos jogadores são profissionais dedicados", afirmou assessor de futebol

Gazeta Esportiva

PORTO ALEGRE - A decisão de deixar os jogadores do Grêmio confinados por uma semana ainda está repercutindo. Os atletas estão em concentração desde a noite da última quarta-feira e lá permanecerão até a partida de sábado diante do Botafogo.

Após o jogo, todos estarão liberados, mas devem se reapresentar na manhã de domingo para seguir dormindo em hotel até a próxima quarta-feira, quando o Tricolor enfrenta o Santos. “Isso só vai nos ajudar. Vai unir mais o grupo. Ficaremos focados para os dois jogos que temos em casa”, afirmou o volante William Magrão.

Ao todo, concentraram 28 jogadores, inclusive lesionados e suspensos. A intenção no clube é atingir 100% dos pontos disputados nas duas próximas partidas. Contudo, a direção gremista nega que a medida seja para coibir excessos na noite porto-alegrense.

”Foi uma decisão tomada em consenso. Antecipamos apenas em um dia a concentração. Não há suspeita de noitada. Nossos jogadores são profissionais dedicados. Não há nada em relação a isso. Ou se age dessa forma, ou não se age e somos chamados de omissos. Preferimos agir”, comentou o assessor de futebol André Krieger, em entrevista à Rádio Bandeirantes.

Krieger, por sinal, pode ser punido pelo STJD por ter criticado a entidade após a absolvição do meia Diego Souza, do Palmeiras, e pegar um gancho de até um ano. O dirigente, porém, garante que não se preocupa com isso e mantém a sua opinião.

“O que ocorreu gera insegurança. Todos têm assegurada a liberdade de expressão. Não ofendi ninguém. O Tribunal que faça o que bem entender”, afirmou o cartola.


Leia mais sobre: Grêmio Brasileirão



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo