iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

02/10 - 18:57

Concentração faz Diego Souza “fugir” de lanches e choro do filho

Atacante Kléber também concorda com a obrigação de se resguardar neste momento decisivo no Brasileirão

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - Em ritmo de decisão, o Palmeiras toma todas as precauções para disputar os títulos do Campeonato Brasileiro e da Copa Sul-americana. O técnico Vanderlei Luxemburgo já avisou: vai deixar a equipe concentrada o máximo de tempo possível até o final da temporada. Os jogadores aprovam a idéia do treinador em busca da tríplice coroa.

Destaque da arrancada alviverde na conquista da liderança, o meia Diego Souza alerta, em primeiro lugar, que a concentração será responsável por manter sua alimentação em dia. “Atleta também gosta de comer coisas diferentes, não sou fã de jantar, sou mais de fazer um lanche”, explicou o camisa sete.

Ainda por cima, Diego Souza também ganhou um outro obstáculo em casa para manter as suas noites de sono intactas. “Na concentração, você pode dormir até mais tarde, até porque tenho em casa um filho de quatro ou cinco meses e não deixa dormir muito, mesmo se eu não tiver que levantar da cama”, justificou.

Acostumado a um ritmo de concentração mais leve enquanto esteve no futebol da Ucrânia, o atacante Kléber também concorda com a obrigação de se resguardar neste momento. O jogador garante que sua rotina não será muito modificada com a decisão de Luxemburgo.

“Eu acho importante a concentração, o campeonato está chegando a um momento decisivo. É válido estar concentrado para não perder o foco”, confirmou Kléber.

Mesmo com a polêmica das baladas vividas pelo elenco do vizinho São Paulo, o gerente de futebol Toninho Cecílio minimiza a decisão de Luxemburgo deixar o elenco em “cativeiro” a partir desta quinta-feira visando o jogo de sábado contra o Atlético-MG. “É necessário porque tivemos um dia a menos de recuperação nesta semana. O objetivo é fazer com que os atletas descansem melhor, a comissão técnica possa cuidar da alimentação. É só por isso”, disse.

Mas a concentração também tem o lado ruim para os atletas: a ausência da família. “Você sente saudade do seu filho, mas é bom concentrar para ficar inteiro e atuar bem nas próximas partidas”, assegurou Diego Souza.

Leia mais sobre: Diego Souza Palmeiras



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo