iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

02/10 - 22:32

Com 'gols relâmpago', Vitória vence a Lusa no Barradão

Gols da vitória por 3 a 1 foram marcados por Marcelo Cordeiro, Robert e Marquinhos

Gazeta Esportiva

SALVADOR - Mais uma vez, os ‘ataques relâmpagos’ do Vitória garantiram novo triunfo da equipe no Campeonato Brasileiro. Nesta quinta-feira, pela 28ª rodada da competição, foi a vez de a Portuguesa ser surpreendida e, com dois gols em jogadas de bola parada nos oito primeiros minutos, o time paulista caiu em Salvador, no Estádio Barradão, com derrota por 3 a 1.

O resultado recupera o Leão baiano de duas derrotas nos últimos jogos e o mantém próximo do maior objetivo da equipe na competição: uma vaga entre os quatro melhores. Agora, o Vitória é sexto colocado, com 44 pontos em 28 jogos, dois atrás do Flamengo, 4º colocado que ainda entrará em campo nesta rodada.

Já a Portuguesa perde chance de ouro para enfim deixar a zona de rebaixamento do Brasileirão, depois de um empate com gosto de vitória sobre o Santos, na Vila Belmiro. O time se mantém na 17ª colocação, com 27 pontos, mas ainda pode ser ultrapassado por Ipatinga e Vasco.

O Jogo
Na partida entre as equipes válida pelo primeiro turno, o atacante Dinei precisou de apenas 9 segundos para abrir o placar e garantir a vitória. Nesta quinta-feira, o tempo foi um pouco maior, mas os ataques baianos foram igualmente fulminantes, desequilibrando o visitante no Barradão.

Aos 5 minutos de jogo, em jogada muito semelhante ao gol que definiu o placar no confronto contra o Coritiba, Leandro Domingues cobrou falta forte, o goleiro André Luis deu rebote e a zaga lusitana não foi rápida o suficiente para acompanhar Marcelo Cordeiro, que apenas empurrou para o fundo dos gol.

Três minutos mais tarde, em nova cobrança de falta, Robert pediu a bola e confundiu novamente André Luis, que deixou a bola escapar de suas mãos rumo ao fundo do gol. Os rápidos gols balançaram a Portuguesa, que só foi dar sua primeira finalização com Edno, aos 15 minutos.

Aos 28, o zagueiro Bruno Rodrigo perdeu a melhor chance da primeira etapa: o atleta aproveitou falha da defesa do Vitória, recebeu livre em cobrança de falta, teve tempo para dominar a bola dentro da área mas, cercado por companheiros de equipe, carimbou a trave do goleiro Viáfara.

Depois de sofrer pressão no final do primeiro tempo, o Vitória acordou na etapa final e passou a marcar melhor, cercando os avanços rivais durante parte do segundo tempo. Imediatamente após o intervalo, pouco aconteceu de perigo, mas o final foi emocionante.

Nos minutos finais, Heverton entrou em campo e quase evitou a derrota. Aos 43, o jogador apareceu em velocidade e livre para cabecear e diminuir o placar. A Lusa se atirou ao ataque e, pouco depois, novamente o ex-jogador do Corinthians invadiu a área pela direita e bateu forte. Viáfara desviou com a ponta dos dedos, o que fez a bola acertar a trave.

O Vitória ainda teve tempo para marcar o terceiro e descartar qualquer reação de último minuto por parte do time visitante. Nos acréscimos, Marquinhos recebeu na entrada da área, limpou a marcação e bateu rasteiro, definindo os três pontos para o rubro-negro baiano.

FICHA TÉCNICA:
VITÓRIA 3 x 1 PORTUGUESA  (Veja como foi o jogo lance a lance)

Local: Estádio do Barradão, em Salvador (BA)
Data: 2 de outubro de 2008 (quinta-feira)
Horário: 20h30 (de Brasília)
Árbitro: Wagner Tardelli (SC)
Assistentes: Erich Bandeira (PE) e Luiz Alberto Kallenberger (SC)

Cartões Amerelos: Thiago Gomes (Vitória); Edno (Portuguesa)

Gols: VITÓRIA: Marcelo Cordeiro, aos 5 minutos do primeiro tempo; Robert, aos 8 minutos e Marquinhos, aos 46 do segundo tempo
PORTUGUESA: Heverton, aos 43 minutos do segundo tempo

VITÓRIA: Viáfara; Rafael, Marcelo Batatais (Thiago Gomes), Anderson Martins e Marcelo Cordeiro; Vanderson, Marco Antônio (Renan), Willians e Leandro Domingues, Marquinhos e Robert.
Técnico: Vagner Mancini

PORTUGUESA: André Luis; Halisson, Bruno Rodrigo e Carlos Alberto; Patrício, Raí, Fellype Gabriel (Heverton), Athirson (Waguinho); Jonas (Washington) e Edno.
Técnico: Estevam Soares


Leia mais sobre: Vitória Portuguesa Brasileirão



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Futura Press

Ataque fulminante
Vitória precisou de apenas oito minutos de jogo para abrir 2 a 0 sobre a indefesa Portuguesa

Topo