iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

02/10 - 12:24

Botafogo aposta em titulares e é o melhor brasileiro na Sul-Americana
Glorioso "parou" no Brasileirão, mas segue embalado no torneio continental graças à força do ataque e de Carlos Alberto

Por Renan Justi, da Footstats

RIO DE JANEIRO – No Campeonato Brasileiro, os cruzamentos são a única estatística de que o Botafogo pode se orgulhar. Bem diferente da Sul-Americana, em que o time mostra eficiência no ataque e já marcou mais do que o dobro de gols do Palmeiras, um dos ataques mais eficientes da Série A. Embora tenha dois jogos a mais que o já eliminado Grêmio, o Bota é também o time menos advertido em cartões: foram 8 amarelos, contra 10 dos gaúchos.

Enquanto os outros clubes brasileiros poupam seus principais jogadores, o Botafogo escala apenas titulares. E a aposta tem dado certo. O melhor exemplo é Carlos Alberto, autor de um dos gols no confronto de quarta-feira contra o América de Cali, que já marcou quatro vezes em quatro partidas; no Brasileiro ele fez cinco gols em quase 20 apresentações.

Até o comportamento do jogador mudou com os confrontos internacionais. Dono da maior média de faltas cometidas no Campeonato Brasileiro (3,94), na Sul-Americana é  o jogador mais caçado, com quatro faltas a cada partida.

O que o Botafogo não pode repetir é o tropeço diante do Náutico, quando vinha embalado pelas seis vitórias nos últimos sete jogos e pela goleada por por 5 a 2 sobre o Atlético-MG, na Sul-Americana. Desde aquela 23ª rodada, o clube carioca só venceu um adversário: o Coritiba.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo