iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

01/10 - 20:03

Torcedores hostilizam jogadores em treino do Vasco
Mesmo com o incidente, o Vasco confirmou que uma reunião com todas as torcidas do time continua marcada para esta quinta-feira

Agência Estado

RIO DE JANEIRO - O elenco do Vasco viveu momentos de tensão nesta quarta-feira. Enquanto o técnico Renato Gaúcho comandava o treinamento, um grupo de 40 torcedores de facções organizadas conseguiu entrar no Vasco-Barra e hostilizou os jogadores com ofensas.

Apesar de não haver ameaça física, o episódio lembrou o que aconteceu há três meses, quando a torcida invadiu São Januário e intimidou os jogadores, em especial o meia Morais. O atleta pediu sua transferência posteriormente e deixou o clube carioca para jogar no Corinthians.

Nesta quarta-feira, o clima não chegou a esquentar como no episódio passado. Renato Gaúcho decidiu atender os torcedores e convocou seis representantes da facção para conversar na sala de musculação, longe dos jogadores. O técnico argumentou que a hora é de dar apoio ao time e não de criticá-lo. Ao fim do encontro, a torcida se comprometeu a incentivar a equipe nesta reta final do Brasileirão.

Mesmo com o incidente, o Vasco confirmou que uma reunião com todas as torcidas do time continua marcada para esta quinta-feira, às 10h30, em São Januário. A equipe carioca está na vice-lanterna do Brasileirão, com 26 pontos. No próximo sábado, encara um adversário direto na luta contra o rebaixamento. O clube enfrenta o Figueirense em casa.


Leia mais sobre: Vasco Brasileirão



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo