iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

01/10 - 15:43

No Brasil, Cuevas ressalta equilíbrio e revela lado 'cantor'

"Gosto muito de cantar, tocar violão. Gostaria de poder mostrar para vocês (jornalistas) e para a torcida do Santos", disse o atacante

Gazeta Esportiva

SANTOS - Pela primeira vez jogando no futebol brasileiro, o atacante paraguaio Nelson Cuevas está a cada dia mais impressionado com a competitividade dos clubes do país. Segundo o jogador, esse fator faz com que o Brasileirão seja tão equilibrado e imprevisível de se arriscar um prognóstico.

“Realmente são muitos times fortes, grandes, por isso que aqui não há uma hegemonia. Se você pegar a parte de cima da tabela, o Grêmio liderava bem e agora já está ficando para trás. Enquanto que Palmeiras e Internacional estão subindo”, analisou.

Sendo assim, Cuevas acredita que o Peixe precisa estar atento aos adversários, se quiser escapar definitivamente da zona da degola. “O campeonato já é muito difícil, mas, a partir de agora, cada jogo será ainda mais difícil. Temos que pensar muito na partida com o Atlético-PR, cada um dando o seu melhor, para que o resultado seja bom para nós”, disse.

Adaptado ao Brasil, o paraguaio mostrou ter certo conhecimento da música brasileira. Tanto é verdade, que ele ainda aproveitou para mostrar os seus dotes artísticos aos jornalistas presentes no Centro de Imprensa do CT Rei Pelé.

Mesmo sem o acompanhamento do violão que tanto pediu, o jogador cantou ˝a capela˝ de Por Causa de Você, do KLB. Antes, o atleta já havia mostrado sua afinação ao soltar a voz com Um Dia de Domingo, gravada por Tim Maia e Gal Costa.

“Gosto muito de cantar, tocar violão. Gostaria de poder mostrar para vocês (jornalistas) e para a torcida do Santos o que eu costumo fazer quando tenho tempo livre”, revelou Cuevas.

Este talento, no entanto, ainda não é conhecido do lateral Wendel, que prefere ter o atacante ao seu lado nos gramados do que cantando nas concentrações. ˝ Eu nunca ouvi ele cantando, mas provavelmente deve ser melhor jogando bola˝, desdenhou Wendel, em tom de brincadeira. ˝ Tomara que ele seja mais talentoso no campo, assim vai poder ajudar a gente˝, finalizou.


Leia mais sobre: Santos Campeonato Brasileiro



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo