iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

30/09 - 13:05

Polêmica com empresário não atrapalha renovação, garante Mano
Carlos Leite, agente de Mano, emprestou R$ 600 mil ao Corinthians para que o clube contratasse o meia Eduardo Ramos e o lateral Wellington Saci

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - Mano Menezes saiu do estúdio da TV Gazeta com o rosto vermelho e passos largos em direção aos elevadores no domingo de 21 de setembro. Não parou para conversar.

“Tenho treino amanhã cedo”, justificou-se. Durante o programa Mesa Redonda daquele dia, o técnico do Corinthians se irritou no ar e durante os intervalos comerciais com a polêmica criada em torno de seu empresário. A ameaça era deixar o Parque São Jorge.

Carlos Leite, agente de Mano Menezes, emprestou R$ 600 mil ao Corinthians para que o clube contratasse o meia Eduardo Ramos e o lateral-esquerdo Wellington Saci. Ele é procurador dos dois jogadores, assim como do volante Cristian e do lateral-direito Denis. Ainda possui participação nos direitos federativos do meio-campista Elias.

A influência de Carlos Leite causou mal-estar no clube no início do mês. Provocou, por exemplo, um desabafo exaltado do ex-goleiro Ronaldo, que apoiou a candidatura do presidente Andrés Sanchez e não participa de sua gestão. Sempre de maneira emocionada, o vice-presidente de futebol Mário Gobbi defendeu Mano de todas as insinuações.

Nesta terça-feira, o técnico do Corinthians provou que sua raiva não dura muito além de 15 minutos, conforme delimitou na semana passada. Mano negou que a polêmica influenciará a renovação de seu contrato com o clube no final do ano. “Não acho que isso tenha a ver com as minhas decisões. É natural desabafar um pouco. Meus pensamentos são muito reservados”, divagou, antes de ser mais enfático. “Isso não procede. Nada a ver.”

Mano Menezes solicitou à diretoria do Corinthians que só o procurasse para discutir a prorrogação contratual quando a equipe estivesse matematicamente classificada à Série A. O objetivo é não prejudicar os jogadores na reta final da competição. “O futebol propõe a renovação quando os dois lados estão contentes. Hoje, isso acontece entre nós. Vamos ver como será amanhã”, especulou o treinador.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo