iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

30/09 - 10:58

Federação Paulista une São Paulo e Palmeiras pela Copa de 2014
Presidente da entidade afirma que busca um relacionamento maior entre os clubes; dirigentes adotam diálogo pacífico pela cidade de São Paulo
 

Léo Morelli, repórter iG Esporte

Acordo Ortográfico

 

SÃO PAULO - Os recentes tumultos fora das quatro linhas, como o “caso do gás” no Palestra Itália e a consequente troca de farpas entre cartolas de Palmeiras e São Paulo, parecem ter chegado ao fim. Tudo pela Copa do Mundo de 2014, que será realizada no Brasil e pode unir os dois rivais.
 
De acordo com o presidente da Federação Paulista de Futebol, Marco Polo Del Nero, aproximar os clubes, através de uma boa conversa e comunhão de interesses, é fundamental para a capital paulista ser palco da cerimônia de abertura da Copa de 2014.
 
"Eu prego isso na Federação faz muito tempo. Coloco os presidentes dos clubes juntos para conversar, um olhando no olho do outro. Isso tudo para eles terem um relacionamento maior. Acredito, e muito, que São Paulo seja sede da abertura de um evento como a Copa do Mundo", disse Del Nero.

Também presente na cerimônia, o presidente do Palmeiras, Affonso Della Monica, comentou as futuras reformas no Palestra Itália e a possibilidade de o estádio receber alguns jogos da Copa. "A construção da nova Arena está perto de começar. O Palmeiras planeja sediar a Copa do Mundo, é um projeto ambicioso e bom pra o clube", afirmou.

Della Monica, porém, não quis comentar a tese de que, em benefício do rival São Paulo, o Verdão abriria mão da abertura do Mundial se pudesse receber os jogos da Itália em 2014: "Seria fantástico pela história do Palmeiras, mas é cedo para pensar nisso".
 
Já o vice-presidente de futebol do São Paulo, Carlos Augusto de Barros e Silva, falou sobre a possível escolha do Morumbi para a abertura da Copa. "Ainda falta muito tempo, e temos que atender todas as exigências da Fifa. Mas tudo está bem encaminhado", afirmou.

Por fim, o dirigente tricolor comentou o fato de o clássico entre Palmeiras e São Paulo, no dia 19 de outubro, ter sido confirmado para o Palestra depois que o clube do Morumbi enviou à CBF um fax dizendo que aceitaria jogar no Palestra. "O mando é do Palmeiras, são eles que decidem onde querem jogar", disse. Uma vidência que o plano de Marco Polo del Nero pode estar funcionando.  

O "fator museu"
Durante a cerimônia de inauguração do Museu do Futebol, na noite desta segunda, no Pacaembu, o governador do Estado de São Paulo, José Serra, aproveitou para voltar a fazer campanha para o estado sediar a abertura da Copa de 2014.

Leo Morelli
Serra declara apoio à cidade de São Paulo como sede em 2014

"O Museu do Futebol será uma grande atração para quem estiver presente na abertura da Copa do Mundo de 2014 em São Paulo", disse. Em seguida, o governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, também fez a sua parte: parabenizou o Museu paulistano e sugeriu que a final da Copa de 2014 seja realizada no Rio de Janeiro.


Leia mais sobre: Copa 2014 São Paulo Palmeiras



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Léo Morelli

Unidos pela Copa 2014
Affonso Della Monica, do Palmeiras, e Carlos Augusto de Barros e Silva, do São Paulo, juntos

Topo