iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

30/09 - 16:11

Ex-presidente do Vitória perde novamente para o clube na Justiça
O ex-presidente pediu R$ 1,5 milhão pela rescisão de seu contrato em 2005 e R$ 8,5 milhões por danos morais

Gazeta Esportiva

SALVADOR - O Tribunal Regional do Trabalho negou o recurso, por dois votos a um, do ex-presidente do Vitória, Paulo Carneiro, de uma ação trabalhista movida pelo mesmo contra o clube baiano. Carneiro viu negado seu pedido de R$ 10 milhões de indenização pela juíza Vivianne Tanure.

O ex-presidente pediu R$ 1,5 milhão pela rescisão de seu contrato em 2005 e R$ 8,5 milhões por danos morais, pois Paulo Carneiro se diz vítima de falsa acusação que ele teria sacado cheques do Vitória na boca do caixa sem dar baixa no clube.

De acordo com a juíza, Carneio não conseguiu comprovar seu vínculo empregatício com o Vitória, pois a carteira de trabalho apresentada era falsa.

Jorge Sampaio, presidente do Vitória S/A, ironizou o resultado. 'Foi feita justiça novamente. Já era esperado por nós. É como algumas placas que aparecem nos estádios com os dizeres: 'eu já sabia''.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo