iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

30/09 - 17:41

Com Adebayor e van Persie inspirados, Arsenal atropela o Porto

Time inglês não tomou conhecimento do rival e goleou por 4 a 0, pelo grupo G da Liga

Gazeta Esportiva

LONDRES (Inglaterra) - Após o fiasco diante do estreante Hull City no último final de semana, que lhe impossibilitou de entrar na briga pela liderança da Premier League , o Arsenal conseguiu uma recuperação em alto estilo nesta terça-feira. Com dois gols do holandês Robin van Persie e em um dia especial do togolês Emmanuel Adebayor, os Gunners atropelaram por 4 a 0 o Porto, no Emirates Stadium, em Londres, e assumiram o topo da chave G da Copa dos Campeões.

O clube lusitano, que havia chegado à Inglaterra com o pensamento de voltar para casa com o empate, começou a partida surpreendendo os donos da casa com contra-ataques em velocidade, principalmente pelos pés do argentino Lisandro Lopez. Logo no início da partida, o atacante já receberia em velocidade e chutaria forte de muito longe, forçando o goleiro Manuel Almunia a se esticar até perto da trave esquerda para colocar a bola para fora.

Pouco depois, no entanto, Adebayor começou a mostrar o futebol que lhe consagraria na partida desta tarde. Dando início o lance ao escorar a bola de cabeça para Fabregas, o togolês ainda correria pela lateral esquerda e receberia novamente para cruzar na medida exata para Van Persie completar, livre. 1 a 0 para os Gunners.

A partir desse momento, o Porto, que no último sábado havia confirmado sua boa campanha no Campeonato Português ao bater o Paços de Ferreira, não conseguiria mais segurar o ataque do Arsenal, que partiria para cima, marcando a defesa lusa desde sua área de defesa, aumentando ainda mais a pressão em cima dos Dragões. Nove minutos depois, o Porto cederia novamente e, após um passe de Van Persie de perto da bandeira do escanteio pelo lado esquerdo, a bola chegou a Adebayor, que cabeceou no chão e fez com que a bola encobrisse o zagueiro portista.

No segundo tempo, mais van Persie e Adebayor

Fechando o primeiro tempo com uma boa vantagem e não a vendo ser ameaçada pelo Porto, o Arsenal poderia ter se conformado com o resultado e apenas administrado o jogo na etapa final. Ledo engano. Nos 45 minutos finais, o desnível entre o futebol das duas equipes só fez aumentar, os Gunners conseguiriam dilatar ainda mais o marcador, novamente com gols de sua dupla de ataque.

Logo aos dois minutos, van Persie recebeu na esquerda e se aproveitou de mais uma infelicidade da zaga lusitana, que não o marcou. Com a bola nos pés, o holandês ainda cortaria o único português a se arriscar a cortá-lo antes de disparar um petardo cruzado que atingiria o ângulo da meta do goleiro brasileiro Hélton, cujo ato maior na jogada foi observar a bola passar, impassível.

Aos 25, Adebayor, agora de pênalti, marcaria o quarto gol do time londrino e seu segundo no jogo, colocando números finais na sonora goleada.

No outro jogo deste grupo G da Champions, o Fenerbahce do brasileiro Alex, que na última edição do torneio continental havia feito uma grande campanha sob o comando do técnico brasileiro Zico, não conseguiu sair de um empate sem gols com o Dínamo de Kiev, em casa.


Leia mais sobre: futebol internacional Liga dos Campeões



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo