iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

30/09 - 18:32

CBF irá contribuir com projetos do CNJ sobre direitos da infância
Para o presidente da CBF, a proposta do ministro Gilmar Mendes é "perfeitamente factível"

Carollina Andrade - Último Segundo/Santafé Idéias

BRASÍLIA - O presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Ricardo Teixeira, informou nesta terça-feira ao presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Gilmar Mendes, que o futebol brasileiro e mundial irá contribuir com projetos do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) em defesa dos direitos da criança e do adolescente e pela ressocialização de ex-presidiários. 

“Ninguém vai se furtar a dar a sua contribuição nessas duas campanhas de suprema importância”, disse Teixeira. No início da tarde, Teixeira e o secretário-geral da Fifa, o francês Jerome Valcke, estiveram no STF para uma visita de cortesia ao ministro Gilmar Mendes, que aproveitou o momento para convidar a CBF e a Fifa a participarem dos projetos. 

Para o presidente da CBF, a proposta do ministro Gilmar Mendes é “perfeitamente factível” e as entidades vão estudar formas de envolver a seleção brasileira e até a Copa do Mundo de 2014, que será realizada no Brasil, nas iniciativas do CNJ. “Vamos fazer os estudos, vamos criar uma comissão, vamos, de qualquer maneira, trabalhar para isso, porque realmente os dois projetos são de profundo alcance social”, afirmou Teixeira.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo