iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

29/09 - 13:33

Sérgio Soares culpa maratona de jogos por queda de rendimento

Santo André seria vítima do excesso de jogos na competição e do desgaste provocado pelas partidas consecutivas

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - Depois de dez rodadas consecutivas entre os quatro melhores times da Série B do Campeonato Brasileiro, o Santo André acabou caindo para a quinta colocação nesta sexta-feira. Fora do G-4 que sobe para a Série A de 2009, o time seria vítima do excesso de jogos na competição e do desgaste provocado pelas partidas consecutivas.

“É jogo que não acaba mais às terças, sextas, sábados... De repente, você pára de trabalhar pesado e dá treinos leves para compensar a fadiga dos atletas. Não tem saída. Mas chega uma hora em que é necessário diminuir o ritmo. Então, vamos redirecionar o nosso trabalho”, avisou o técnico Sérgio Soares, segundo o jornal Diário do Grande ABC.

Nas últimas duas semanas, o Ramalhão disputou quatro jogos, vencendo o Barueri (2 a 1), empatando com São Caetano (1 a 1) e CRB (0 a 0) e perdendo para a Ponte Preta (3 a 1). Na última partida, diante dos alagoanos, o time não conseguiu balançar as redes e acabou recebendo críticas do treinador – que, mesmo assim, aprovou o resultado.

“Conseguimos um placar importante na casa do CRB, mas não gostei do que vi nos dois tempos. Quisemos correr bem mais do que a bola. Faltou naturalidade. Não conseguimos achar o ponto certo de equilíbrio no instante de atacar e defender. Disparamos além da conta”, afirmou Sérgio Soares.

O empate em Maceió contra o lanterna ainda pode ser considerado um resultado bom, desde o Santo André vença o Gama nesta sexta-feira, no Estádio Bruno José Daniel. “Se você conquista um ponto lá fora e três em casa, ótimo. É a rotina que nos levará ao acesso à elite. Só que uma bobeada em nosso estádio poderá nos complicar demais”, explicou Soares.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo