iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

29/09 - 18:33

São Paulo firma contrato por investimento de R$ 14 milhões

Clube, que fará obras para categorias de base, é o primeiro do Brasil a firmar acordo com base na Lei de Incentivo Fiscal

Gazeta Esportiva



SÃO PAULO - O presidente do São Paulo, Juvenal Juvêncio, assinou nesta segunda-feira um contrato com base na Lei de Incentivo Fiscal ao esporte. Primeiro clube do Brasil a firmar tal acordo, o Tricolor receberá quase R$ 14 milhões de investimentos para três obras que serão realizadas em suas dependências das categorias de base. O aporte de capital será feito por empresas privadas, que poderão deduzir o valor do Imposto de Renda.

Pelo contrato, o investimento será destinado para a implementação de três projetos no Centro de Formação de Atletas de Cotia. O Ministro dos Esportes, Orlando Silva, esteve presente no evento que formalizou o acordo e elogiou a iniciativa do time paulista.

“É um projeto de quase R$ 14 milhões. Os empresários de visão perceberam que se associar ao esporte gera um ganho. Eles viram que se associar a marcas como o São Paulo é muito bom”, afirmou, antes de completar. “O São Paulo marcou um gol de placa para melhorar a estrutura dos jovens, que são o futuro do nosso esporte”.

Segundo o contrato firmado, a Caixa Econômica Federal fiscalizará o andamento dos projetos. Autoridades da CEF, inclusive, estiveram no evento desta segunda-feira, que foi realizado no estádio do Morumbi.

Do total de investimentos, R$ 2.783.442,06 serão destinados para a construção do Centro de Reabilitação Esportiva, Fisioterápica e Fisiológica do CT de Cotia. Já R$ 6.695.874,38 serão investidos na implementação e na complementação dos alojamentos, que poderão receber até 148 atletas.

A outra parte do montante, aprovado em R$ 4.389.177,07, será usado para a construção de uma arquibancada para jogos das categorias de base em Cotia. No evento desta segunda, Juvenal Juvêncio enalteceu o fato de o Tricolor ser o primeiro clube do país a firmar contrato com base na Lei de Incentivo, que foi sancionada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva em dezembro de 2006.

“O São Paulo foi o primeiro clube que fez os projetos e os submeteu ao crivo do Ministério. Uma comissão os aprovou e estamos assinando hoje (segunda) com a Caixa um convênio para fiscalização dessas obras. O São Paulo tem um grande orgulho de ser o primeiro clube do Brasil a fazer isso, talvez pela sua eficácia e seriedade”, afirmou o mandatário, lembrando que o enquadramento dos investimentos na Lei passou por aprovação prévia.

O Ministro Orlando Silva ainda advertiu que outros clubes nacionais também estão seguindo o caminho do São Paulo para firmar contratos da Lei, tais como Grêmio, Atlético-MG, Santos, Cruzeiro e Fortaleza.


Leia mais sobre: São Paulo Lei de Incentivo Fiscal ao esporte

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias