iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

29/09 - 14:18

Bebeto ainda acredita no título e ataca dirigentes rivais

Presidente garantiu que ainda não sabe quem será o candidato da situação, nas eleições realizadas no final do ano

Gazeta Esportiva

RIO DE JANEIRO - O Presidente do Botafogo, Bebeto de Freitas, não escondeu ter ficado frustrado com o empate cedido pelo time diante do Fluminense, no último domingo. O resultado deixou o Alvinegro sete pontos atrás dos líderes Palmeiras e Grêmio.

O dirigente garantiu que ainda acredita no título do Campeonato Brasileiro, mas deixou clara sua preocupação com os cochilos do time no final das partidas.

“Nós estamos em dificuldades. A equipe lutou ontem (domingo) o tempo todo, mas sofreu novamente um gol no finalzinho. Foi a terceira partida que perdemos a vitória no final. Foi assim contra o Vasco, contra o Náutico e agora aconteceu contra o Fluminense. São seis pontos, enquanto estamos sete atrás do Grêmio e do Palmeiras. A gente lamenta, mas sabemos que o time tem condições de continuar lutando pelo título. Ainda faltam onze jogos e muita coisa pode acontecer, mas o que tem que acontecer agora é o Botafogo voltar a ganhar “, afirmou em entrevista à Rádio Brasil.

Bebeto de Freitas também aproveitou para disparar contra a diretoria do Fluminense, ao comentar o fato de torcedores tricolores terem depredado cerca de 200 cadeiras do Estádio João Havelange no clássico do último domingo.

“Se você tem um clube que se envolve em esquema de venda de ingressos, o clube que tem um presidente que diz dá ingresso para a torcida, no momento em que eles não têm ingresso, no momento em que eles têm que pagar pelo ingresso, eles fazem o que fizeram ontem. A gente só lamenta”, comentou. “Vamos ver o que temos direito de fazer”, completou Bebeto.

Desafeto do ex-presidente do Vasco, Eurico Miranda, Bebeto de Freitas utilizou o dirigente para comparar com os atuais cartolas do Fluminense.

“Falavam muito do Eurico, mas ele sempre fez as coisas pela frente, enquanto o Fluminense faz as coisas por trás”, disparou Bebeto de Freitas. O presidente alvinegro ainda falou de um possível esquema entre a Federação de Futebol do Rio de Janeiro, Fluminense e Flamengo para impedir que o Botafogo possa disputar seus clássicos no Engenhão.

“A gente lamenta que a Federação tenha tentado tirar o jogo lá do Engenhão, o Flamengo está tentando fazer o mesmo. Eles esquecem que o Maracanã estará fechado em breve para obras para a Copa de 2014 e eles terão que jogar no Aterro, na Praia de Botafogo”, ironizou.

Por fim, Bebeto de Freitas garantiu que ainda não sabe quem será o candidato da situação, nas eleições que serão realizadas no final do ano. O presidente afirmou que o indefinição pode ser definida na próxima semana.


Leia mais sobre: Bebeto de Freitas Botafogo



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo