iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

29/09 - 20:50

Após “entrevero”, São Paulo rescinde contrato de Éder

Oficialmente, diretoria diz que o jogador não estava rendendo, mas possível caso de indisciplina pode ter sido o real motivo

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - A diretoria do São Paulo anunciou na noite desta segunda-feira a rescisão do contrato do lateral-direito Éder. Durante o evento de inauguração do Museu do Futebol, o presidente do Tricolor, Juvenal Juvêncio, foi econômico nas palavras para confirmar a saída do atleta antes do fim do contrato.

“Nós não estávamos gostando do rendimento dele” resumiu. No entanto, o motivo para a rescisão do vínculo do atleta teria sido seu envolvimento em um episódio mantido em sigilo pela direção do Tricolor.

“Houve um pequeno entrevero, e soubemos do episódio que ocorreu em uma hora imprópria”, afirmou o superintendente de futebol do clube, Marco Aurélio Cunha, que acrescentou. “Nós consideramos que não foi respeitado o momento importante do campeonato que estamos vivendo”.

Outros jogadores estariam envolvidos no ‘entrevero’, mas ninguém do clube revela nomes. “Eu não sou desleal, eu não sei”, desconversou Cunha. “Eram cinco (jogadores), mas um deles garante que não estava”, acrescentou.

Por enquanto, foi anunciada apenas a rescisão de contrato de Éder, que estava sem espaço na equipe de Muricy Ramalho neste Campeonato Brasileiro.


Leia mais sobre: São Paulo campeonato brasileiro



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo