iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

28/09 - 19:27

Tarja de capitão inspira André Dias contra o Cruzeiro
“Essa é a minha melhor fase aqui, até pelo fato de não estar se machucando", disse o zagueiro

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - O zagueiro André Dias teve uma tarde de domingo perfeita. Sem a presença do goleiro Rogério Ceni, o defensor ganhou um presente do técnico Muricy Ramalho: a tarja de capitão do São Paulo.

O reconhecimento inspirou o atleta, que foi soberano na marcação e ainda ajudou o ataque ao marcar o gol de abertura da vitória diante do Cruzeiro, no Morumbi.

“Essa é a minha melhor fase aqui, até pelo fato de não estar se machucando. Venho mantendo a regularidade nos jogos. Hoje, a gente pode dizer que o São Paulo vem jogando bem como no ano passado”, destacou o camisa três, empolgado com a reação da equipe na competição nacional.

Sobre a oportunidade de liderar o São Paulo como capitão, André Dias admitiu a surpresa com a decisão de Muricy Ramalho. Nos últimos anos, com a ausência de Rogério Ceni, o lateral-esquerdo Júnior ficava com a missão. Mas o camisa seis sequer ficou no banco de reservas neste domingo.

“Tinha o Bosco, o Zé Luis, o Jorge Wagner, fiquei feliz pelo presente de substituir o Rogério e suprir a ausência dele de uma forma positiva”, confirmou. “Ser capitão inspira, enaltece o trabalho”, emendou.

André Dias obteve hesito desde a disputa do cara-e-coroa. Como ganhou o sorteio contra o Cruzeiro, escolheu o campo do primeiro tempo solicitado pelo goleiro Bosco.

Mesmo com todo o sucesso, o zagueiro esbanja humildade ao avisar que o posto de capitão tem dono no Tricolor. ”A tarja fica melhor no Rogério”, disse o defensor, com um largo sorriso no rosto.


Leia mais sobre: São Paulo André Dias



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo