iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

28/09 - 19:27

Náutico lamenta “detalhe”, mas aprova resultado
“O empate foi um bom resultado. Jogamos contra um time que está 20 pontos na nossa frente (50 a 30) e brigando pelo título", disse o treinador Roberto Fernandes

Gazeta Esportiva

RECIFE - O empate sem gols entre Náutico e Palmeiras agradou a “gregos” e “troianos”. Depois de o técnico Vanderlei Luxemburgo e  de seus jogadores valorizarem a conquista de um ponto em Pernambuco, foi a vez dos representantes do Timbu comentarem e aprovarem o empate no estádio dos Aflitos.

“O empate foi um bom resultado. Jogamos contra um time que está 20 pontos na nossa frente (50 a 30) e brigando pelo título. Não é porque estávamos em casa que tínhamos de ganhar”, disparou o treinador.

“Foi um jogo bem disputado, com duas equipes dedicadas e muito aplicadas. Tivemos, no contra-ataque, oportunidade até de ter feito o gol, mas foi um bom jogo e o resultado, justo”, completou Fernandes.

Já na opinião dos jogadores do Timbu, apesar de o empate ter sido considerado bom diante de um adversário que luta pelo título nacional, a vitória poderia ter chegado, não fossem os pequenos erros.

“Foi o jogo dos gols anulados. Vamos lá, trabalhar, pois vamos conseguir. Temos que nos aplicar cada vez mais e diminuir o espaço dos adversários. O resultado não foi o que a gente queria, mas valeu pela luta de todos”, declarou o atacante Kuki, que teve um gol anulado na partida (o outro foi de Thiago Cunha, do Palmeiras), acompanhado pelo zagueiro Everaldo.

“Foi um jogo muito movimentado, mas faltou o nosso gol. Queríamos ter conquistado os três pontos, mas, desta vez, infelizmente o detalhe não resolveu a nosso favor”, lamentou o defensor.


Leia mais sobre: Náutico Brasileirão



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo