iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

28/09 - 20:07, atualizada às 22:10 28/09

Kléber Pereira marca, mas Santos fica no empate com a Lusa

As duas equipes ainda seguem ameaçadas pelo fantasma do rebaixamento; assista aos gols no player ao lado>>

Gazeta Esportiva

SANTOS - Santos e Portuguesa se enfrentaram neste domingo, pelo Campeonato Brasileiro, e fizeram justamente o que não deveriam fazer na Vila Belmiro: empataram. Um primeiro tempo morno e uma etapa final agitada e cheia de chances não foram suficientes para definir um vencedor e, assim, os times permanecem ameaçados pela zona de rebaixamento. Assista aos gols no player ao lado>>

Nem mesmo o matador Kléber Pereira conseguiu mudar a história do jogo para o Santos. Como de costume, o atacante marcou o seu na Vila Belmiro (pela 18ª vez, totalizando 19 gols no Brasileirão), mas viu a zaga falhar e, assim, o Santos permanece perigosamente próximo da zona de rebaixamento.

Pior para a Portuguesa, que ainda é 18ª colocada e candidata a encerrar sua participação na Série A entre os quatro últimos da tabela. Pelo time rubro-verde, Athirson ignorou seu passado santista e empatou o jogo, fazendo seu primeiro gol por seu novo clube.

O jogo
Santos e Portuguesa fizeram um primeiro tempo com posturas distintas, mas igualmente sem brilho. O time da casa apostava na agilidade de seus meias e atacantes, além de optar por longos lançamentos para Kléber Pereira. Já a Lusa tinha a posse de bola e dominava o meio-de-campo com boa marcação, mas abusava das faltas. Na primeira etapa, as poucas chances reais de gol foram do visitante.

Aos cinco minutos, Edno recebeu no campo de ataque e encontrou a zaga santista desarrumada. O jogador lançou na medida ara Fellype Gabriel, que matou no peito para Jonas. O ex-jogador do Santos bateu firme, mas acabou travado e por pouco ao abriu o placar. Mais tarde, o camisa 9 da Lusa levou perigo de novo arriscando em sobra na intermediária.

Aos 12 minutos, o capitão Kléber ergueu a bola na área em cobrança de falta e Fabiano Eller mergulhou livre de cabeça, mas mandou a pelota perigosamente próxima ao gol. Cinco minutos depois, Kléber Pereira balançou as redes, mas em posição irregular, depois de receber lançamento e toca na saída de André Luis. O assistente invalidou o gol.

Os minutos finais da primeira etapa foram todos da Lusa, que quase conseguiu marcar. Aos 36, Fabiano Eller falhou feio na intermediária, deixando a bola para Preto, que carregou e cruzou na medida para Edno. O camisa 11 finalizou mal, mas à queima-roupa. Douglas fez defesa milagrosa. No minuto seguinte, Athirson quase fez contra seu ex-time, finalizando na rede pelo lado de fora.

De volta aos o intervalo, panorama do jogo permaneceu o mesmo nos primeiro minutos. O Peixe errava muitos passes, o que ia acabando com a paciência da já enervada torcida presente na Vila Belmiro. Mesmo assim, era o anfitrião que tomava a iniciativa, ainda que sem sucesso

Aos 14 minutos, a zaga lusitana vacilou e Kléber Pereira novamente mostrou porque é o artilheiro do Brasileirão, marcando seu 19º gol na competição, o 18º na Vila Belmiro. O jogador recebeu livre pela direita, limpou um zagueiro e tocou como categoria de esquerda para abrir o placar.

A alegria do dono da casa durou pouco. No lance seguinte, em chutão dado para o campo de ataque, Athirson apareceu livre e viu o goleiro Douglas deixar a meta para interceptar. O jogador apenas tocou sobre o adiantado goleiro para balançar as redes pela primeira vez com a camisa lusitana.

Aos 18 minutos, com o jogo agitado, Kléber Pereira aproveita cruzamento na área para dar um lindo voleio, mas o goleiro André Luis se esticou para fazer a defesa. O Santos seguiu pressionado e, mais tarde, Kléber cruzou bem para seu xará atacante, que completou de primeira, mas o goleiro André Luis mais uma vez segurou.

O Santos seguiu pressionando até o fim, sendo incisivo no ataque, mas igualmente vulnerável na defesa. Thiago Luis entrou em campo para quase marcar em lançamento de Molina, mas não alcançou a bola. A Lusa ainda teve o zagueiro Erick expulso por falta dura em Wendel.

Mesmo com um homem a mais em campo, o Santos não conseguiu transformar a pressão exercida em gols, e ficou no empate. Para o time visitante, o resultado ficou de bom tamanho – no final, Vaguinho era o único homem de frente, auxiliado pro Héverton, apenas.

FICHA TÉCNICA
SANTOS 1 X 1 PORTUGUESA
(Veja como foi o jogo lance a lance)

Local:
Estádio Vila Belmiro, em Santos (SP)
Data: 28 de setembro de 2008, domingo Horário: 18h10 (horário de Brasília)
Árbitro: Paulo César de Oliveira (Fifa-SP)
Assistentes: Ednilson Corona (Fifa-SP) e Carlos Augusto Nogueira Júnior (SP)
Cartões Amarelos: Fellype Gabriel, Héverton e Ediglê (Portuguesa)
Gols:
SANTOS: Kléber Pereira, aos 14 minutos do segundo
PORTUGUESA: Athirson, aos 15 minutos do segundo tempo

SANTOS
: Douglas; Wendel, Domingos, Fabiano Eller e Kléber; Roberto Brum, Rodrigo Souto, Bida (Pará) e Michael (Thiago Luís); Nelson Cuevas (Molina) e Kléber Pereira
Técnico: Márcio Fernandes

PORTUGUESA: André Luis; Ediglê, Bruno Rodrigo e Erick; Patrício, Rai, Preto, Fellype Gabriel (Héverton) e Athirson; Jonas (Vaguinho) e Edno (Halisson)
Técnico: Estevam Soares 

Leia mais sobre: Santos Portuguesa Brasileirão



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo