iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

28/09 - 16:51

Após empate amargo, Marcelo Oliveira lamenta chances perdidas

Técnico do Galo crê que o Galo atuou bem, mas não teve o capricho necessário na hora da finalização

Gazeta Esportiva

BELO HORIZONTE - O Atlético-MG não conseguiu vazar a pior defesa do Campeonato Brasileiro e, mesmo com o apoio de quase 20 mil torcedores no Mineirão, não passou de um empate sem gols contra o Figueirense. O técnico Marcelo Oliveira crê que o Galo atuou bem, mas não teve o capricho necessário na hora da finalização.

“O maior pecado nosso foi não decidir o jogo quando tivemos as chances. E não foram chances fortuitas, foram chances claras criadas por nós, jogadas de tabela, jogadas em profundidade em que chegamos na cara do gol. Não tivemos a capacidade de decidir quando criamos as chances”, lamentou o treinador.

O goleiro Juninho apontou a ansiedade como motivo para os gols perdidos. “Quisemos colocar a bola para dentro de qualquer jeito e tivemos um nervosismo grande. Acho que tivemos mais volume, mas precisamos ter um pouco mais de calma na frente do gol”, sugeriu o goleiro, que teve boa atuação no Mineirão.

Com o empate em casa, o Galo soma 34 pontos e segue na 12ª posição do Campeonato Brasileiro. “É de se lamentar o resultado, mas, como profissionais, temos que erguer a cabeça e animar os jogadores para o próximo compromisso”, concluiu Marcelo Oliveira, já pensando no duelo do próximo sábado, contra o Palmeiras, no Palestra Itália.


Leia mais sobre: Atlético-MG Campeonato Brasileiro



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo