iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

27/09 - 18:05

Sob dilúvio, Avaí goleia Bahia em casa e assume terceiro lugar
Desta forma, o Avaí conseguiu mais uma vitória na Ressacada e subiu na tabela, enquanto o resultado mantém o Bahia estagnado no bloco intermediário

Gazeta Esportiva

FLORIANÓPOLIS - Debaixo de muita chuva e sobre um gramada com condições deploráveis, o Avaí garantiu a vitória por 4 a 1 sobre o Bahia neste sábado, pela Série B do Campeonato Brasileiro. Mais do que garantir a permanência na zona de acesso à Série A, a equipe subiu uma posição e agora é terceira colocada na competição.

O jogo já começou em condições complicadas por conta das fortes chuvas que atingiram Florianópolis no final de semana. O gramado da Ressacada foi piorando no decorrer da partida e complicou muito a atuação da equipe. Mesmo com a adversidade, o Avaí começou partindo para cima.

Logo aos 3 minutos, William, em posição irregular, quase abriu o placar para o anfitrião. Para a alegria da torcida do Leão catarinense, que apesar do mau tempo compareceu em peso, o gol não demorou a sair. Aos 21 minutos, Válber cobrou falta e Emerson cabeceou, tirando do goleiro Fabiano.

A vantagem não fez o Avaí sossegar em campo e, nove minutos mais tarde, a equipe chegava ao gol, novamente em jogada de bola parada. Após cruzamento e bate-rebate dentro da área, Marcus Vinícius chuta forte e Marquinhos, embaixo da trave, completa. O assistente chegou a levantar a bandeira, mas mudou de opinião e correu para o meio-campo, validando o gol.

Pouco mais tarde, quase sai o terceiro gol da equipe, em bela jogada de Marquinhos, que passou pela zaga toda e tocou por cima de Fabiano, mas a bola caprichosamente foi para fora. No minuto final, o Bahia ganhou fôlego ao descontar no marcador: aos 46, Ávine recebeu cruzamento da direita e cabeceou conscientemente no canto oposto ao do goleiro Eduardo.

No segundo tempo, a chuva voltou a apertar na capital catarinense, o que deixou o futebol quase impraticável, devido às grandes possas d’água e lama presentes no gramado. As faltas também ficaram mais duras e o confronto passou a se basear nos contra-ataques com longos lançamentos.

Logo aos 5 minutos, Marquinhos fez falta na intermediariam, reclamou muito e tomou o terceiro cartão amarelo. Na seqüência, Michel reclamou também e acabou expulso, com a segunda advertência, prejudicando o Avaí. Com um homem a mais, o Bahia tinha dificuldade de chegar ao ataque sem poder utilizar a velocidade de seu setor ofensivo.

Aos 18 foi a vez do zagueiro Ávine, do Bahia, ser expulso, por falta dura em Marquinhos. O jogador deixou o gramado com o segundo amarelo, igualando o número de jogador nas equipes. No restante do jogo, o Avaí voltou a ter a predominância, sempre em cruzamentos e lançamentos feitos por Válber e Marquinhos.

Atrás no placar, o técnico Roberto Cavalo sacou o meia Danilo Cruz para colocar o atacante Jones, tentando o empate. No entanto, foi o Avaí que conseguiu balançar a rede novamente. Aos 38 minutos, Odair arriscou despretensiosamente para o gol, mas o goleiro Fabiano deu rebote. Então, novamente apareceu o zagueiro Emerson, que apenas empurrou para ampliar.

Nos minutos finais, o anfitrião fechou a contagem com um golaço de Marquinhos, que com um toque de classe encobriu Fabiano para definir o resultado.

Desta forma, o Avaí conseguiu mais uma vitória na Ressacada e subiu na tabela, enquanto o resultado mantém o Bahia estagnado no bloco intermediário da tabela, prejudicado pela irregularidade de sua campanha.


Leia mais sobre: Avaí Bahia Série B

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias