iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

27/09 - 20:50

Marques reconhece que gol não saiu por falhas do ataque
Jogador admite a incompetência do ataque do Atlético-MG para furar o bloqueio imposto pelo adversário

Gazeta Esportiva

BELO HORIZONTE - Os jogadores do Atlético-MG deixaram o gramado do Mineirão chateados com o empate de 0 a 0 contra o Figueirense, no início da noite deste sábado. Por ter sido em Belo Horizonte e pela má fase do adversário, o resultado está sendo tratado como um tropeço no Galo.

O goleiro Juninho, que voltou ao time titular depois de três meses fora por opção dos treinadores, não considerou o empate um resultado justo. “Eu tive só uma bola no gol, no primeiro tempo, depois disto não tive mais. Nosso time teve mais volume, chegamos ao gol, perdemos alguns gols”, contou.

Já Marques reconheceu a incompetência do ataque do Atlético-MG para furar o bloqueio imposto pelo adversário. “O Figueirense veio para levar um ponto e conseguiu êxito naquela proposta de jogo deles. A gente criou até algumas oportunidades, mas não teve aquela chance realmente clara para definir o jogo”, lamentou.

Para o capitão Marcos, fica de alerta a má atuação dentro de casa, o que não tem sido comum neste Brasileirão. “O Atlético vinha jogando bem no Mineirão. Hoje, não conseguiu concretizar aquilo que vinha fazendo nos outros jogos. Por isto, este empate muito ruim, 0 a 0”, concluiu o zagueiro. Jogando em Belo Horizonte, o Galo perdeu apenas duas vezes na competição, contra Cruzeiro e Grêmio.

Agora, o time se prepara para uma série de jogos contra candidatos ao título nacional. O adversário de sábado é o Palmeiras, no Palestra Itália. Na seqüência, vêm a partida contra o Flamengo, no Maracanã e o clássico mineiro diante do Cruzeiro.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo