iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

27/09 - 17:55

Gama reage, vence de virada e deixa zona de rebaixamento

Com a vitória por 2 a 1 sobre o Marília, equipe alviverde finalmente fugiu na zona de descenso

Gazeta Esportiva

BRASÍLIA - A briga na zona de rebaixamento da Série B do Campeonato Brasileiro ganhou um novo capítulo neste sábado. Jogando em casa e com um homem a menos desde o primeiro tempo, o Gama conseguiu uma importante vitória de virada sobre o Marília por 2 a 1, deixando seu lugar entre os quatro últimos colocados da segunda divisão.

Com a vitória no estádio Mané Garrincha, os gamenses foram 32 pontos e ganharam três posições, subindo para o 14º lugar. O time, que foi comandado pelo interino Jean Cláudio, terminou o primeiro tempo perdendo, mas conseguiu a reação logo após o intervalo, graças aos gols do zagueiro Rancharia – que fazia sua estréia e que havia falhado no gol do Marília – e do atacante Maia – que entrou exatamente no intervalo da partida.

Com a saída dos candangos, quem herdou uma vaga na zona de rebaixamento para a Série C foi o próprio MAC. Com 30 pontos, o time sofreu sua 12ª derrota e caiu para o 18º lugar, voltando a figurar entre os quatro piores times da competição – o que não acontecia desde a 22ª rodada, quando os marilienses perderam para o Paraná por 1 a 0.

Mesmo jogando fora de casa, foi o Marília quem teve a primeira boa chance aos sete minutos de jogo, com Fernando Moura. Após receber cruzamento pela direita, o camisa seis teve tranqüilidade para arrematar sozinho na área – o chute, porém, saiu à esquerda do gol. No entanto, três minutos depois, o MAC se recuperou e abriu o placar: após a bobeada de Rancharia na zaga, Ricardinho Furacão avançou sozinho pela direita e tocou para Felipe Adão, que teve apenas o trabalho de empurrar para o gol.

Em desvantagem, o time candango partiu para cima em busca do empate, mas parou nas defesas do goleiro Alencar, que espalmou os chutes de longe de André Silva, aos 13, e Altair, aos 17 minutos. A situação do Gama, que já era ruim, ficou ainda pior após a expulsão de Aélson aos 24 minutos, por falta feia em Ricardinho Furacão. Aos 30, Fernando Moura teve outra boa chance para na esquerda, mas dominou mal e foi desarmado.

Com muita facilidade, os paulistas quase ampliaram o placar aos 38: após cruzamento de Bruno Ribeiro, a bola sobrou para Ricardinho Furacão, que se atrapalhou na dividida com Altair e colocou para fora. Bebeto tentou a resposta gamense aos 42 minutos, em novo chute de longe que parou na defesa do ex-são-paulino Alencar. Nas arquibancadas, a torcida verde protestava e reclamava com Jean Cláudio, que esperava a efetivação.

O Gama voltou mudado para o segundo tempo, com Maia na vaga de Roberto Santos e as camisas brancas no lugar das verdes usadas no primeiro tempo. E a mudança do uniforme refletiu no ânimo gamense, que quase empatou aos dois minutos com João Paulo – Alencar mandou para fora o chute. No entanto, quem empatou foi o zagueiro Rancharia, que salvou sua estréia ao marcar de cabeça aos quatro, aproveitando o cruzamento no escanteio e a bobeada da defesa maqueana.

O Marília nem bem havia assimilado o golpe quando sofreu a virada. Maia fez boa jogada pela direita e chutou, mas Alencar espalmou. Thiaguinho acreditou no lance e recuperou a bola, cruzando na área para que Bebeto cabeceasse e fizesse 2 a 1. Agora em busca do empate, o MAC tentou o lance com Marcinho aos 14 minutos, mas o redimido Rancharia atrapalhou a jogada na área e facilitou a defesa do goleiro Donizete. Aos 16, Bebeto armou pela esquerda e cruzou rasteiro para a área, mas Maia mandou o chute muito por cima do gol.

Os paulistas ainda tiveram a chance de fazer o segundo aos 18, mas Bruno Ribeiro mandou para fora a oportunidade que teve dentro da área. O momento do Marília, que já era de inferioridade, se acentuou com a expulsão de Leandro Amaro aos 23 minutos por falta na entrada da área – Maia cobrou e mandou para fora. Aos 33, quem tentou mais um chute de longe foi Edílton, mas Alencar novamente evitou o gol. Seis minutos depois, Bebeto entrou bem na área e fez o pivô para Edílton, que tentou o tiro cruzado e mandou a bola para longe.

O MAC ainda teve chances com Marcinho, mandando forte chute para fora aos 43, e Altair, cobrando falta na barreira aos 46. Dois minutos depois, Felipe Adão ainda teve uma chance clara de empatar, dividindo na pequena área e mandando a bola para fora. Derrotado, o Marília irá tentar a reação no sábado, quando enfrenta o Corinthians em Londrina. Um dia antes, o Gama tenta se manter fora da zona de rebaixamento, em jogo igualmente complicado: contra o Santo André, no estádio Bruno José Daniel.


Leia mais sobre: Gama Série B Marília



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo