iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

27/09 - 13:10, atualizada às 16:22 27/09

Chelsea bate Stroke City e retoma a liderança do Inglês

Manchester United e Liverpool venceram Bolton e Everton pelo mesmo placar; Hull virou em cima do Arsenal

Gazeta Esportiva

LONDRES (Inglaterra) - Ao menos provisoriamente, o Chelsea de Luiz Felipe Scolari é o dono da primeira posição da Premier League, ao lado do Liverpool. Os Blues deixaram a capital inglesa para enfrentar o Stroke City, e conseguiria sair do confronto fora de casa com uma vitória por 2 a 0, além da liderança na tabela, já que o Arsenal foi surpreendido pelo Hull no Emirates Stadium.

Líder até a rodada passada e destituído da ponta após empatar por 1 a 1 em Londres com o Manchester United, o Chelsea não pôde contar neste sábado com três importantes jogadores no seu elenco (Deco, Joe Cole e Ricardo Carvalho, todos lesionados), mas mesmo assim conseguiu passar com certa facilidade pelo Stroke City, que se reservou à defesa durante a partida e acabou punido por isso.

Apesar da pressão do time londrino, os Blues só conseguiriam abrir o placar aos 36 minutos, ainda no primeiro tempo, quando o português Bosingwa recebeu um lançamento de Lampard, dominou no peito com categoria e soltou uma bomba que só morreria nas redes da meta do Stroke.

Na etapa final, o Chelsea voltou com o francês Anelka no lugar de Kalou, mas quem conseguiria uma boa chance logo aos dois minutos foi Malouda, que chutou da entrada da área e acertou o travessão, após o desvio de Sorensen. Aos 30, Chelsea conseguiria o segundo gol, quando Bosingwa fez um cruzamento da direita, a zaga falhou e deu a bola de presente para Anelka, que chutou cruzado e fechou o placar.

Esta foi a décima vitória de Luis Felipe Scollari no comando dos azuis. Ao todo foram 13 partidas e apenas três empates, o que dá ao brasileiro um aproveitamento de vitórias de 76%. Na próxima rodada, o Chelsea recebe o Aston Villa, no domingo. Já o Stoke enfrenta o Portsmouth, fora de casa, no mesmo dia.

AFP
geo
Chute de Geovanni não deu nenhuma chance para defesa de Almunia, do Arsenal


Manchester bem, Arsenal mal
Também neste sábado, o Manchester United recebeu o Bolton e venceu por 2 a 0. O primeiro gol foi marcado pelo atacante português Cristiano Ronaldo, em cobrança de pênalti, aos 15 minutos do segundo tempo. Wayne Rooney ampliou, aos 32.

O Hull obteve um resultado histórico neste sábado ao derrotar o Arsenal por 2 a 1, em pleno Emirates Stadium. Os Tigers, em uma participação inédita na primeira divisão, impuseram aos Gunners apenas a segunda derrota em casa na Premier League desde a inauguração do estádio, na temporada 2006/7.

Depois de um primeiro tempo sem gols, o Arsenal saiu na frente aos 6 minutos da segunda etapa. Após cruzamento de Theo Walcott pela direita, Paul McShane tentou se antecipar a Cesc Fàbregas e tocou contra as próprias redes. O empate viria com um belo gol do brasileiro Geovanni, aos 17 minutos, e a virada sairia na cabeça de Daniel Cousin quatro minutos depois. (leia mais)

Confira os resultados deste sábado da Premier League:

Everton 0 x 2 Liverpool
Aston Villa 2 x 1 Sunderland
Fulham 1 x 2 West Ham
Manchester United 2 x 0 Bolton
Middlesbrough 0 x 1 W. Bromwich
Newcastle 1 x 2 Blackburn
Stroke 0 x 2 Chelsea
Arsenal 1 x 2 Hull City


Leia mais sobre: Chelsea Campeonato Inglês



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


AFP

Na ponta
Com o triunfo, a equipe de Felipão retoma provisoriamente a liderança do Inglês

Topo