iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

27/09 - 08:14

Avaí x Bahia: jogo para dar fim à irregularidade e pensar no G-4
Em sete jogos no segundo turno, avaianos conquistaram só duas vitórias; baianos têm oito pontos a menos 

Gazeta Esportiva

FLORIANÓPOLIS - O desafio do Avaí para este final de semana não é simples: manter-se entre os quatro primeiros colocados da Série B do Campeonato Brasileiro. E se a perseguição da concorrência ao G-4 tem sido acirrada nos últimos jogos, cabe ao time catarinense vencer seu compromisso deste sábado pela 28ª rodada da competição, quando recebe o Bahia na Ressacada a partir das 16 horas (horário de Brasília).

A equipe catarinense é a atual quarta colocada da Série B, com 45 pontos. O desempenho não é dos piores, mas a campanha no segundo turno do torneio não é das melhores. Em sete jogos, os avaianos conquistaram apenas duas vitórias (sobre Barueri e Fortaleza) e três empates (ABC, América-RN e Ceará), sofrendo outras duas derrotas (Santo André e Vila Nova). Nada bom para quem terminou o primeiro turno como vice-líder.

Para o Avaí tentar voltar a vencer, o que não acontece há três rodadas, o técnico Silas será obrigado a promover mudanças na equipe. No meio-campo, o volante Batista cumpre suspensão, depois de ter sido expulso no 0 a 0 contra o Ceará – Wendel tem a preferência, mas Ferdinando também é opção. Além disso, o experiente Cocito também tem concorrência para o combate no setor, mas deve deixar Marcos Vinícius no banco.

Silas admite a má fase, mas espera a reação da equipe azurra em casa. 'Não tem nenhum grupo na Série B com mais coração e espírito de luta que o nosso. A manutenção no topo é muito complicada, mas continuamos no G-4', lembrou o treinador, isentando o elenco de culpa pelos resultados. 'Eles jogam no Nordeste, no Sul, voltam para o Nordeste, em campo pesado, campo seco... Então, sofrem com essa variedade, principalmente os jogadores que são peças-chave.'

O Bahia, por sua vez, quer aproveitar o mau momento dos catarinenses para somar pontos e se aproximar do G-4. O Tricolor é o atual nono colocado da Série B com 39 pontos, oito a menos que os avaianos, e vem tendo dificuldades para deixar as posições intermediárias da tabela. Por isso, uma vitória fora de casa neste final de semana sobre o Avaí é fundamental.

A fase do Tricolor da Boa Terra, entretanto, é tão irregular quanto a do próximo adversário. Ao longo do segundo turno, foram sete jogos, com três vitórias (América-RN, Criciúma e Juventude), um empate (com o Ceará) e três derrotas (Santo André, Barueri e Paraná). O aproveitamento é de 10 dos 21 últimos pontos disputados (47%), superior ao dos avaianos, que somaram um a menos e tem 42% de aproveitamento.

O técnico Roberto Cavalo enfrenta alguma pressão, mas as chances de acesso ainda não são das mais remotas. Por isso, para tentar aproximar o time baiano ainda mais do G-4, o treinador pode promover o retorno do goleiro Darci, que se recuperou de contusão. Outro que deve voltar à escalação titular é o volante Emerson Cris, que deixa Luciano Totó no banco de reservas. Por outro lado, o zagueiro Douglas sofre com uma lesão na parte posterior da coxa e deve dar a posição para Cléber Carioca.

FICHA TÉCNICA
AVAÍ X BAHIA

Local: Estádio da Ressacada, em Florianópolis (SC)
Data: 27 de setembro de 2008, sábado
Horário: 16 horas (horário de Brasília)
Árbitro: Pablo dos Santos Alves (RJ)
Assistentes: João Luiz de Albuquerque (RJ) e Marcos Rogério da Silva (PR)

AVAÍ: Eduardo Martini; Arlindo Maracanã, Cássio, Emerson e Zé Rodolpho; Cocito (Marcus Winícius), Wendel (Ferdinando), Marquinhos e Válber; Evando e William
Técnico: Silas

BAHIA: Darci (Fabiano); Alison, Marcone e Cléber Carioca; Rogério Rios, Emerson Cris, Rafael, Caio e Ávine; Paulo Roberto e Marcelo Ramos
Técnico: Roberto Cavalo


Leia mais sobre: Avaí Bahia

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias